fbpx

4 filmes indicados ao Oscar pra curtir na Netflix

Fabiana Honorato

Por Fabiana Honorato

Oscar


Eu sei que o Oscar é só no dia 25 de abril, mas você não precisa esperar até lá pra começar a ver as produções indicadas. A premiação, uma tradição da indústria do cinema e entretenimento, anuncia a lista dos finalistas pouco mais de um mês antes da cerimônia. É hora de pegar a pipoca e começar as suas sessões em casa!

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo exclusivo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Com a pandemia, as estreias que nos levavam para o escurinho do cinema agora acontecem nas nossas casas, diante das telas que nos conectam aos streamings. O meu cinema, atualmente, é a Netflix, mas logo vou aderir a outros serviços para aumentar meu cardápio de filmes, séries e documentários.

E já que estamos falando dela, a estatueta mais cobiçada no mundo do cinema, eu quero te inspirar a assistir quatro filmes que estão na lista do Oscar. 

Pieces of a woman

Oscar

Eu já falei sobre esse filme aqui nessa coluna. Aliás, pega essa dica e não espere um filme leve, pra ver enquanto degusta um combinado do seu japa preferido. É denso, incômodo por vezes, mas muito sensível também. Trata do luto na maternidade, com a morte de um bebê logo após um parto domiciliar. E detalha as consequências dessa perda para os pais e a família. Esse longa está na lista do Oscar pela atuação impecável e visceral da atriz Vanessa Kirby, a protagonista, que concorre na categoria de melhor atriz. Não acredito que ela leve o prêmio pra casa, afinal, a disputa deve ficar entre Viola Davis, (A voz suprema do blues) e Frances McDormand (Nomadland). Mas, a indicação é mais que merecida!

Era uma vez um sonho

Oscar
Copyright Lacey Terrell/NETFLIX

Nem sei como falar desse filme. Eu já queria começar a ver de novo assim que ele acabou. Sabe o tipo de história que você sempre vai encontrar uma outra nuance, um outro ponto de vista? É assim com esse filme, baseado em uma história real que virou livro e inspirou o roteiro. Um lar americano desestruturado, com a mãe dependente química, a avó carregando feridas do passado e um menino que cresceu e tentou fugir desse passado pouco glamuroso. Entre lembranças e desafios do presente, J.D., estudante de Direito, precisa socorrer a mãe enquanto tenta garantir um estágio que pode definir seu futuro. Ah, e a avó é nada menos do que Glenn Close, totalmente transformada para se parecer com a Mamaw real. Ela concorre a melhor atriz coadjuvante, mesmo sendo o destaque em quase todas as cenas em que está presente. O filme também concorre ao prêmio de melhor cabelo e maquiagem. Sim, o final é feliz!

Os 7 de Chicago

Oscar
Copyright NIKO TAVERNISE/NETFLIX

Outro filme inspirado em uma fato real, no caso, um polêmico julgamento que entrou para a história não só pelo “crime”, mas pela condução duvidosa do próprio tribunal. Os acusados eram diferentes lideranças de um grande protesto contra a Guerra do Vietnã, realizado em Chicago em 1968. Concorre na categoria de melhor filme e tem no elenco Sacha Baron Cohen, que está na disputa pelo Oscar de melhor ator coadjuvante por esse filme. Sacha ficou famoso pelo hilário Borat, de 2006, que ganhou a sequência Borat: fita de cinema seguinte, também na briga pela estatueta de Roteiro Adaptado. Pra te convencer a ver Os 7 de Chicago, saiba que o longa ainda é indicado aos prêmios de Roteiro Original, Canção Original, Fotografia e Edição.

Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lsar

Oscar
Copyright John Wilson/NETFLIX

Pra não dizer que eu só vi filmes mais pesados, me joguei nessa delícia que mistura humor, musical, romance e orgulho patriota. Um filme com Will Ferrell, que assina o roteiro também, e Rachel McAdams, só podia ser divertido. E esse é demais! Conta a saga dos cantores islandeses Lsar, ele, e Sigrit, ela, pelo prêmio num famoso festival musical. Pelo nome, eu sei, você também não iria se atrair. Mas te digo que é entretenimento puro e leve, pra assistir quando quiser mudar o foco do seu dia e se pegar rindo a todo momento. Concorre na categoria de Canção Original, com Husa’vik. Só veja e se apaixone!

Até o dia do Oscar, espero ver mais produções indicadas e reforçar minha torcida para os meus preferidos. Afinal, eu faço o meu próprio Oscar, em casa e de pijama!

LEIA TAMBÉM

Fotos colunistas Fabiana Honorato
Últimos posts por Fabiana Honorato (exibir todos)
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x