As alegrias e as dificuldades de empreender!

empreenderQuando falamos em empreender as vezes não temos a noção do que significa exatamente ou do que vamos fazer, é arriscar sem nenhuma garantia de sucesso certo?

Isso depende, do que vamos fazer, de como nos preparamos para fazer, e do quanto gostamos realmente do que nos propomos a fazer. Todos esses fatores são muito importantes, porque deles vão depender nosso sucesso ou nosso fracasso.

A questão mais importante para mim é ter certeza do que quer fazer: Se você gosta realmente desse negócio, toda vez que você conversa sobre ele, fica com aquele brilho no olho? Explica empolgado e feliz para as pessoas o que é o seu negócio? Tem muita diferença entre fazer algo que ama e fazer algo mais ou menos, porque com certeza o resultado não será o mesmo lá na frente.

Não dá para pensar apenas nas coisas boas: Ser seu próprio chefe, não ter horário, ter mais flexibilidade, ganhar mais dinheiro, liberdade de fazer o que achar melhor, porque não é bem assim.

Sabemos que no Brasil principalmente empreender não é muito fácil e nem simples, muita burocracia, juros altos (no momento), e o crédito na maioria das vezes ou quase sempre não chega para quem precisa e nem todos tem o que chamamos de “paitrocícinio” e aí já começa a dificuldade inicial.

PRODUTOS 40EMAIS

Logo redondo CURSOS

O 40EMAIS traz para você os melhores cursos, para você dar aquela guinada de 360º na sua vida. Não Perca!

Descobrir que o seu “patrão” são os seus clientes, que todo o glamour que imaginava não existe muito, a tal independência de horário, de só fazer o que gosta não é exatamente como imaginou….

Mas com certeza vale a pena ter o seu próprio negócio, desde que bem planejado, organizado, a conquista, o prazer de fazer acontecer não tem preço, todo negócio tem que ter um propósito, descobrindo o seu, você vai achar exatamente o que procura e o que deseja e não vai desistir. Mas como encontrar o seu propósito? Entram aí todas as coisas que já listei e um pouco mais: O seu negócio vai trazer algum benefício para as pessoas? Por que elas comprariam o seu produto? E por que elas recomendariam para outras pessoas? E o mais importante: Por que eu quero fazer esse negócio?

O que vou fazer? Tem diferença entre saber exatamente o que vai fazer de não saber nem por onde começar certo? Quando sabemos o que fazer significa que já estudamos o mercado e avaliamos a concorrência, então temos meio caminho andado certo? Mais ou menos, porque temos que avaliar outras coisas também:

  • Primeiro: de onde vai sair o investimento para começar?
  • Eu conheço tudo sobre o negócio?
  • Gosto desse tipo de negócio?
  • Domino as tecnologias que vou usar, os conhecimentos necessários, as habilidades que preciso?
  • Vou precisar contratar funcionários para começar ou posso começar sozinho?
  • Tenho espaço para começar ou será necessário alugar?
  • Quais equipamentos serão necessários?

São muitas perguntas e todas muito importantes, porque dependendo das respostas você pode ir em frente ou aguardar um pouco mais e se planejar melhor. Não são todos os empreendedores que começam com uma ideia na cabeça e na garagem de casa e ficaram milionários certo?

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

Conheço algumas empresas que realmente começaram assim: Na garagem, mas veja só: elas precisaram da ideia, do espaço (que geralmente no caso da garagem ou no quarto, alguém teve que ceder, ou abrir mão daquele espaço, esse seria o primeiro “investidor”, as vezes os pais, os avós, algum amigo ou sócio na ideia, os ingredientes necessários (se for produzir algo), ou se for tecnologia, os equipamentos e assim por diante.

Depois de resolver todas essas questões iniciais e tiver as respostas corretas e os meios para começar, vamos efetivamente por a mão na massa?

Para quem vai começar a empreender não se assuste, pesquise, entenda o negócio como um todo, faça perguntas que as pessoas normalmente fariam para você e responda a todas elas, se tiver as repostas e gostar delas não desanime e siga em frente.

Procure ajuda se precisar, não é vergonha nenhuma conversar com quem já empreende há algum tempo, trocar ideias com outras pessoas pode nos dar uma luz, ou percebermos alguns detalhes importantes que deixamos escapar.

É difícil ser um empreendedor de sucesso, mas também é prazeroso, leva tempo para conseguirmos ter todas aquelas respostas lá em cima do texto, mas quando conseguimos ter todas também significa que conseguimos e isso não tem preço.

Para quem já é empreendedor há algum tempo e viu seu negócio se desenvolver, crescer e agregar valor durante os anos e principalmente resistir a tantas mudanças na nossa complicada economia: Parabéns!! Somos persistentes e acreditamos sempre!

Como sempre falo aqui: Se precisarem da minha ajuda, colaboração, é só me enviar mensagens pelo portal mesmo e com certeza podemos trocar umas ideias.

Uma ótima semana a todos 😊

Selma Cabral

LEIA TAMBÉM
Selma Cabral
Últimos posts por Selma Cabral (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x