fbpx

Brigas por marcas não registradas fazem bandas perderem sua história

Carmen Mosteiro

Por Carmen Mosteiro

bandas


Brigas por marcas fazem bandas perderem sua história. Sabe por que? A música ultrapassa fronteiras, conecta as pessoas, traz emoção e renova a vida! Quem é que não gosta de música?

Ela nos traz lembranças, nos remete aos momentos bons e ruins porque marcam a nossa vida. Para o artista se tornar reconhecido, muitas vezes leva anos, décadas de muito trabalho. E quando seu nome ganha notoriedade, aí sim é que o trabalho está definitivamente completo.

Mas, já pensou perder tudo o que construiu com a música ao longo dos anos por problemas com a sua marca? Veja alguns casos de bandas que enfrentaram questões como estas.

Pearl Jam

A famosa banda de Seattle começou criando suas músicas e se apresentando como Mookie Blaylock, mesmo nome de um jogador do New Jersey Nets. O resultado é que eles passaram a ter problemas com a marca. Por sorte, antes de os fãs se esquecerem que eles existiam, o baixista Jeff Ament teve a brilhante ideia de apresentar a marca Pearl Jam, que é recordista em vendas e sucessos.

Beatles

bandas

Uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, os Beatles, já enfrentaram problemas com sua marca. Levou mais de 30 anos para que os próprios compositores conseguissem recuperar os direitos autorais de suas canções. Tudo começou com um contrato mal feito, assinado entre Lennon e McCartney em 1963. O acordo deu ao editor Dick James uma participação de 50% na empresa, a Northern Music, enquanto Lennon e McCartney mantiveram 20% cada.

Após a morte de John Lennon, McCartney acabou por leiloar suas canções em um leilão público, e Michael Jackson foi um dos arrematadores. Em 2017, ao contratar uma assessoria jurídica especializada, Paul descobriu a Lei Americana de Direitos Autorais de 1976. A lei afirma que músicas escritas antes de 1978 poderiam reverter para seus compositores originais 56 anos após seu lançamento mediante a entrada de um processo. Já que o primeiro álbum dos Beatles foi lançado em 1963 (há 54 anos), McCartney começou a agir e recentemente conseguiu reaver suas canções.

Legião Urbana x anônimo

Após o sucesso do segundo álbum da banda brasiliense, um anônimo escreveu uma música que trazia em sua letra o nome da famosa banda a fim de obter o registro da marca “Legião Urbana” – que até aquele momento não havia sido registrada. Anos depois, o INPI outorgou à banda os direitos sobre a marca.

Assim como esses, há outros casos de marcas que tiveram que brigar na justiça por conta de cópias.

LEIA TAMBÉM
Carmem Mosteiro
Últimos posts por Carmem Mosteiro (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x