fbpx

Calçado ideal: escolha bem e não torture seus pés!

Ivan Francisco Antonio

Por Ivan Francisco Antonio

calçado ideal


Vamos conversar sobre um assunto que está ligado ao conforto dos pés e do seu caminhar: os calçados. Qual o calçado ideal? Que tipo de calçado consegue aliar conforto, estética e, porque não dizer, saúde?

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo exclusivo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Analisando friamente, as pessoas devem saber que, na verdade, não existe o calçado perfeito. Se o mesmo tem conforto, acaba perdendo na estética e vice-versa!

Ninguém se dá conta de que os pés foram projetados para andarem descalços. Pensem nos povos indígenas de antigamente, que estavam sempre descalços e, desta forma, havia um estímulo na planta dos pés, o que resultava na formação de uma calosidade exatamente na medida, para que os pés ficassem protegidos. Não havia calos, joanetes e nem problemas nas unhas, pois os pés sempre estavam livres.

Então, o tempo passou e a nossa cultura foi recebendo influências externas, fomos colonizados e, diziam nos livros de histórias, passamos a ficar mais “civilizados”! Bom, pelo menos na maneira de se vestir e se calçar, pois em outros quesitos com certeza os povos indígenas eram bem melhores que nós, principalmente no respeito ao próximo e à natureza.

Voltando ao nosso assunto, inventamos as roupas e os calçados, é claro que de forma rudimentar, porém, nos dias de hoje, com a tecnologia que existe, é possível se produzir calçados que impactam menos os nossos pés.

Na minha opinião, o problema de tanto sofrimento com o uso de certos calçados se chama vaidade! Imagino um jovem ou uma jovem indo comprar um calçado, o que acontece? Compro esse calçado que está super confortável, com meus dedos à vontade? Ou compro esse aqui, com um material inferior, mas que está super na moda?

Acho que em 99% das vezes, a escolha é pelo calçado da moda! E é exatamente por isso que minha profissão foi inventada, para corrigir ou amenizar o sofrimento causado por um sapato da moda.

Não estou demonizando o sapato da moda. Sou podólogo e casado há 27 anos e mesmo assim, adoro quando saio com minha esposa e ela usa um salto alto, afinal de contas, esse estilo de calçado é um símbolo de feminilidade. Porém, ela usa uma vez ou outra (quando saímos) e o erro está em usar esse calçado diariamente, aí está o problema!

O salto alto, por elevar o calcanhar demais, provoca um encurtamento do tendão de Aquiles, fazendo com que, depois de um certo tempo, a mulher não aguente ficar 15 minutos de chinelo, pois essa posição acaba alongando o tendão que foi encurtado. E, com isso, ela sente dor, muita dor … 

Por outro lado, as sapatilhas e as rasteirinhas deixam os calcanhares sobrecarregados, facilitando a formação de esporão de calcâneo, e se houver sobrepeso a situação se agrava ainda mais. Eu já falei sobre as rasteirinhas, você confere aqui.

Bom, na minha opinião, as pessoas devem usar o bom velho meio termo, ou seja, alternar o uso dos calçados e, dessa forma, nenhuma região dos pés será sobrecarregada por muito tempo e nem repetidas vezes. 

No meu entendimento, o calçado ideal deve ter no máximo de dois a três centímetros de elevação e a frente larga, para impactar o mínimo possível!

Contudo, use o que te deixa feliz, mas com bom senso que é sempre a melhor escolha! E se precisar de ajuda para “corrigir” algum estrago no pé, já sabe, conte comigo!

Um grande abraço !

LEIA TAMBÉM

Fotos colunistas ivan frascisco
Últimos posts por Ivan Francisco Antônio (exibir todos)
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x