fbpx

Como aceitar os fatos do jeito que são

Fotos colunistas elis borsoi

Por Elis Borsoi

fatos


No texto “Entenda os diferentes tipos de perdão nos relacionamentos” escrevi a importância do auto perdão e como uma pessoa pode usar a expressão “sinto muito” nos momentos em que sente a necessidade de praticar o “perdão”. Neste texto, escrevo sobre a aceitação de fatos ocorridos no passado.

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Quando uma pessoa nos faz algum mal, é comum sentirmos raiva e mágoa. Esta emoção vai se acumulando no nosso coração ao ponto de provocar doenças emocionais e físicas. Diante disso, é necessário entender a importância de mudar esta situação aceitando o que essa pessoa fez. 

Importantíssimo ressaltar que aceitar não é desconsiderar a atitude da outra pessoa nem concordar com o ocorrido. Aceitar é olhar para o fato com uma nova interpretação para entender o que motivou esta pessoa a agir do jeito que agiu, é perguntar:

Ela agiu de maneira consciente ou inconsciente?”. “Está repetindo o comportamento de alguém da sua família?”. “Será que esta pessoa estava bem emocionalmente no dia que disse aquelas coisas horríveis pra mim?”. “Será que ela transferiu em mim, inconscientemente, a raiva que estava sentindo por outra pessoa?”

Quando você reflete sobre essas questões, começa a ressignificar os fatos ocorridos dando oportunidade para ampliar sua consciência com relação a eles.

          Se você se sente ou se sentiu magoado(a) ou injustiçado(a) por alguém, aceite esta situação, pois você não pode modificá-la. Sabemos que aceitar certos fatos é desafiador, porém não aceitar não vai apaziguar suas emoções e sentimentos com relação a essa pessoa.

         Por isso, é muito importante que você entenda que, às vezes, as pessoas magoam as outras de forma inconsciente, pois estão seguindo algum padrão dos pais, avós e/ou antepassados e estão agindo de acordo com seu piloto automático sem pensar antes de falar ou agir.

         A aceitação ocorre quando você deixa de guardar ressentimentos sobre algo que outra pessoa lhe fez com ou sem intenção de magoar ou ferir. Não quer dizer que você esqueceu o que essa pessoa fez, significa que você começou a entender a motivação dela com relação ao ocorrido.

         Se houve abuso, pense que não foi sua culpa e procure maneiras de evitar abusos futuros. Peça ajuda, se não conseguir resolver isso sozinho(a), para sentir mais segurança e confiança.

         A aceitação acontece quando você percebe que tudo que ocorreu foi necessário para seu desenvolvimento pessoal e aprendizagem para viver com mais sabedoria, leveza e resiliência diante das adversidades da vida.

         Escrevo mais sobre esse assunto no livro: “Inner Dev – Como desbugar sua mente” – Editora (Albatroz, 2019).

LEIA TAMBÉM

Elis Borsoi
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x