fbpx

Selma Cabral: Empreender não tem idade

Logo redondo

40EMAIS CONVIDA

empreender

 


Trabalhar com o que você ama nem sempre é um sonho possível para a maioria das pessoas certo? Talvez……

Com a crise econômica que se instalou com a pandemia, muitas pessoas tiveram que se reinventar e empreender para conseguir pagar suas contas. Essa estratégia de sobrevivência pode ter sido o gatilho para muita gente pensar em investir no seu próprio negócio.

Fazer aquele doce que toda a família e amigos elogiam, um pão recheado, uma pintura, jardinagem, desenhos, uma costura. Tudo que sempre fizemos como sendo nosso hobby acabou se transformando em renda e manteve o orçamento de muitas casas. E por que não?

Durante a pandemia tivemos tempo para refletir sobre nossas vidas, o que queremos, a nossa felicidade e realização pessoal e profissional e sim ter certeza do que queremos:

Até que ponto vale a pena ganhar menos ser mais feliz, ter mais tempo?

Nunca é tarde para mudar. Não importa se você tem 20,30,40, 50 anos ou mais. Mudar de área e trabalhar com o que você gosta e te faz feliz sempre valerá a pena e podemos fazer isso em qualquer idade.

Mas procure algo que realmente gosta, que te dê paixão sabe, algo que faça seus olhos brilharem, isso vai te fazer feliz com certeza.

Mas não precisa sair correndo e fazer tudo sem pensar. É preciso fazer um planejamento para encontrar o equilíbrio perfeito:

  • Definido o que você quer fazer, mantenha o seu atual emprego se tiver e ir se preparando para a mudança;
  • Pesquisar bastante, fazer cursos relacionados a sua ideia de negócios, aproveitar o online para se capacitar porque durante a pandemia teve /tem muitas opções de cursos e com temas variados;
  • Faça uma reserva financeira para os primeiros meses;
  • Pense em toda a identidade visual, que imagem você quer passar, mesmo que no começo você vai trabalhar de casa, assim todos já ficam conhecendo;
  • Procure embalagens sustentáveis e adequadas ao seu produto;
  • Faça networking – essa palavrinha que você já deve ter ouvido muitas vezes é muito importante;
  • Faça um site básico mesmo para começar, uma página nas redes sociais e apresente seu negócio para todos os seus amigos e conhecidos, familiares e amigos dos familiares e peça para todos divulgarem;
  • Abra um CNPJ que pode ser de MEI para começar, conta bancária separada da sua conta pessoal, assim como NUNCA, mas NUNCA mesmo misture dinheiro da Empresa com dinheiro para despesas pessoais;
  • E NUNCA trate o seu negócio como um hobby, a partir de agora ele será UM NEGÓCIO e você vai sobreviver dele um dia.
  • Muito capricho, atendimento sempre impecável, seja gentil com seus clientes. Eles vão se lembrar disso para sempre pode ter certeza.

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

Depois de tudo isso, você estará preparada para ser feliz e dona dos seus horários.

Para quem não me conhece eu sou colunista aqui do 40emais, além de escrever sobre viagens, também faço Monitoria para novos negócios. Se tiver alguma dúvida sobre como começar ou dar um upgrade no seu negócio pode me procurar.

Um grande abraço

Selma Cabral

**Este texto não, necessariamente, reflete a opinião do 40EMAIS.

Selma Cabral Olá, sou Selma O S Cabral, turismóloga por paixão e, dentre os vários trabalhos que realizei no Turismo, fui, durante 08 anos, Diretora na empresa Estação do turismo em Santos/SP, onde desenvolvi diversos cursos de Capacitação de mão-de-obra voltados para o Turismo. Também criei vários Eventos em parceria com a Incubadora de Empresas de Santos Atualmente sou Diretora da empresa Turismo & Ideias.

LEIA TAMBÉM

Logo redondo
0 0 votos
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x