fbpx

Felicidade à mesa: saiba como melhorar o humor com ajuda da alimentação

Marina Ferreira

Por Marina Ferreira

alimentação


Que existe relação entre uma boa nutrição e o estado emocional das pessoas é fato! Isso porque o nosso sistema nervoso depende de diversos nutrientes para sintetizar as substâncias (alguns hormônios e outros neurotransmissores) que ajudam a melhorar o humor, como a endorfina, serotonina, dopamina e ocitocina. 

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Cada uma dessas substâncias tem uma função diferente no organismo e é produzida em condições específicas do nosso dia e atividade: a endorfina diminui a sensação de dor, reduzindo o desconforto; a serotonina ajuda a regular o humor, apetite, sono; a dopamina atua entre outros sistemas, no ciclo da recompensa, trazendo a sensação de prazer ao finalizar tarefas; a ocitocina reduz a ansiedade e traz sensação de calma e segurança.

Muito bem! Então o que fazer para aumentar essas substâncias? Primeiramente manter uma alimentação que forneça todos os nutrientes para nossas células obterem energia, proteínas, vitaminas, gorduras e minerais. Basicamente, em um corpo que faltam nutrientes, mesmo que uma vitamina ou um mineral, é bem difícil ter todos os sistemas funcionando perfeitamente, e olha que o nosso corpo se adapta a cada situação… 

Uma alimentação adequada contém, pelo menos: alimentos fonte de carboidratos (integrais quando possível), alimentos fontes de proteínas; alimentos fonte de boas gorduras; algumas porções de frutas por dia; algumas porções de verduras e legumes por dia; muita água; pouco ou quase nada de alimentos ultraprocessados (alimentos industrializados produzidos a partir de ingredientes industriais). Claro que essas são dicas básicas, não específicas para você. Para uma alimentação mais individualizada, é necessário consultar um nutricionista.

Uma das substâncias estudadas e relacionadas ao humor é o triptofano (um aminoácido, que é parte de proteínas) que dá origem a algumas dessas substâncias relacionadas ao humor que citei. Esse nutriente é encontrado em diferentes alimentos do nosso cotidiano, como semente de abóbora, cacau, aveia, banana, abacate, queijo, frango, ovos, salmão, couve-flor, batata, nozes, castanha de caju, amendoim, soja… muito fácil obter! 

Mas não basta comer esses e outros alimentos que contêm triptofano para começar a sorrir. Isso vai funcionar em conjunto a outras atitudes como a prática de exercícios regulares (se intensos, melhor, rs), sono suficiente e regular, atitude leve em relação ao estresse, meditação. Ohhmmm…

Outras atitudes que podem ajudar seu corpo a produzir essas substâncias envolvem comer alimentos saborosos que tragam prazer e satisfação! Ah, pelo mesmo motivo, não sentir culpa ao consumir determinados alimentos poderá trazer mais prazer e satisfação ainda.

Existem, ainda, pesquisas que relacionam a microbiota intestinal com a produção dessas substâncias e o estado emocional das pessoas. Bem, não é de hoje que o termo “enfezado” diz respeito a alguém que está de mau humor. A microbiota intestinal refere-se às colônias de microrganismos que vivem no nosso intestino e lá têm funções importantes de proteger nosso corpo de infecções e produzir (metabolizar) diferentes substâncias, como o triptofano e outros compostos ativos no cérebro. 

Pois bem, falarmos sobre como cuidar dessas bactérias é importante para ajudar a regular o humor. A ingestão de probióticos (que são bactérias benéficas desidratadas), prebióticos (que são os alimentos ideais para essas bactérias) e uma alimentação balanceada parecem melhorar de forma significativa o humor de pacientes em estudo. 

Claro que a prescrição desses probióticos deve ser realizada por médico ou nutricionista, após avaliação. Mas você pode prestar atenção em algumas atitudes que influenciam o funcionamento intestinal e podem ajudar a melhorar as coisas aí embaixo (rs), pois a nossa frequência intestinal deve ser diária, com sensação de esvaziamento completo; beber bastante líquidos ao longo do dia, consumir bastante alimentos vegetais como frutas e verduras todos os dias em várias refeições, preferir cereais integrais (arroz, milho, aveia, trigo). 

Sorrir, dar risada, gargalhar comprovadamente melhoram o humor e o sistema imunológico. Então, olhar a própria vida e os problemas de forma mais leve, sem potencializar o que está ruim, é também uma atitude muito feliz!  

LEIA TAMBÉM

Fotos colunistas marina ferreira 1
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x