fbpx

Inteligência Artificial – Uma nova onda de inovação

João Carlos Feijóo

Por João Carlos Feijóo

 

Inteligência ArtificialA chamada quarta revolução industrial está marcada pela convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas e a Inteligência Artificial (IA) faz parte dessa onda de inovação, gerando grandes mudanças na maneira como pessoas e empresas se relacionam com tecnologia, compartilham dados e tomam decisões.

Podemos definir inteligência artificial, no grosso modo, como a capacidade de as máquinas “pensarem” como seres humanos: aprender, perceber e decidir quais caminhos seguir, de forma racional, diante de determinadas situações.

Podemos dizer que a IA aprende como uma criança. Aos poucos, o sistema absorve, analisa e organiza os dados de forma a entender e identificar o que são objetos, pessoas, padrões e reações de todos os tipos.

A Inteligência Artificial está cada vez mais presente por todos os lugares.

As recomendações personalizadas na Netflix e na Amazon são exemplos de IA na indicação dos títulos de acordo com o que o usuário assiste:

Inteligência Artificial

No Google Fotos é possível procurar por objetos e situações específicas;

No Gmail há IA no filtro de spam e no Google Tradutor o uso de máquinas neurais gera a qualidade do que é traduzido;

O reconhecimento de voz no Android é praticamente “aprendizado de máquina”;

No Facebook, essa tecnologia ajuda a remover conteúdo impróprio antes mesmo de um post ser denunciado por um usuário.

A Beetools, uma escola de inglês inovadora, faz o uso de Inteligência Artificial em seu aplicativo para o feedback imediato de resposta sobre o resultado do aluno, além de aumentar ou reduzir o nível de dificuldade conforme a evolução do aprendizado e, ainda, adaptar-se à pronúncia nos mais diversos sotaques e dicções.

A AI ainda está inserida em muitas inovações disruptivas que estão se aproximando da viabilidade, por sua interação. São elas: veículos elétricos e autônomos transformando a indústria automobilística, dispositivos capazes de fazer uma varredura para diagnosticar quase todo tipo de doença, aceleração da redução das intermediações financeiras através de blockchain, produção de alimentos com aspectos similares aos de carne animal, revolução na logística de entregas, entre tantas outras.

A Inteligência Artificial (IA) é essencial para os negócios, pois é uma das principais tecnologias disruptivas da atualidade, tendo o potencial de modificar consideravelmente o modo de funcionamento das organizações.

Cada vez mais estaremos imersos no convívio com esta tecnologia, cabe-nos entendê-la cada vez mais, pois esse é um caminho sem volta.

LEIA TAMBÉM

João Carlos Feijóo
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x