fbpx

Marketplace: a prateleira Digital

Rodolpho Hesselbach

Por Rodolpho Hesselbach

marketplace


Olá, vamos para um Papo Digital com a segunda etapa dentro do universo digital. Lembrando que no artigo anterior definimos o conceito de marketing digital. Agora, neste artigo, vamos entender o que são os marketplaces e também a diferença entre esse player e o e-commerce.

O marketplace é um tipo de negócio que gerou mudanças no mercado digital, tornando- se, hoje, a grande vitrine no mercado digital. Esse modelo conecta oferta e demanda em uma plataforma online, gerando benefícios tanto ao empreendedor quanto ao cliente final, conectando milhares de vendedores que levam o seu produto e o serviço a milhares de compradores em diversos nichos de mercado.

Entenda também que nos dias atuais estamos vivenciando a maior diversidade cultural, conectados todos juntos e online, a todo tempo experimentando e criando sem parar novas culturas, tendências e experiências, sendo a maioria delas através do universo virtual. 

São os vários aspectos que representam particularmente as diferentes culturas, como linguagem, tradições, culinária, religião, costumes, comportamento, moda, modelo de organização familiar, política, entre outras características próprias de um grupo de seres humanos que habitam hoje nesse território virtual.

As maiores startups, como Apple, Uber e Booking, por exemplo, utilizam esse tipo de plataforma.

De uma maneira prática e objetiva, marketplace nada mais é de verdade em sua funcionalidade do que um shopping virtual.

Os vendedores e prestadores de serviço podem divulgar seu trabalho nesta “vitrine online” e conquistar mais clientes. Por fim, quem é dono do marketplace consegue intermediar negócios e lucrar com as conexões estabelecidas. 

Além disso, o(a) administrador(a) de um marketplace não precisa se preocupar com fabricação, estoque ou entregas. Isso porque essas são responsabilidades dos fornecedores da plataforma. Afinal, a função desse empreendedor é gerenciar o negócio e atrair fornecedores e clientes para a plataforma na qual é possível utilizar técnicas de marketing digital, por exemplo. 

Por tudo isso, o marketplace é um tipo de negócio inovador que revolucionou o e-commerce. Assim, as compras online ficaram muito mais fáceis, práticas e eficientes.

Um e-commerce é uma loja virtual que oferece produtos ou serviços de apenas um fornecedor ou empresa, pois trabalha com um estoque próprio, ao contrário de um marketplace, que é um shopping virtual, que oferece várias opções de vendedores ou prestadores de serviço. Exemplo: o Mercado Livre, OLX, Lojas Americanas e HotMart são marketplaces com produtos de diferentes lojas. 

No e-commerce, o empreendedor precisa cuidar do estoque e da logística, pois está oferecendo seus próprios produtos ou serviços. Já no marketplace, não é necessário que o dono se preocupe com essas atividades, porque ele estará ofertando produtos e ou serviços de outras empresas, ou pessoas em um só canal. 

Assim, o alcance e o potencial de crescimento de um marketplace são muito maiores, porque nele é possível criar uma grande rede de fornecedores, enquanto no e-commerce você se limita à sua própria capacidade de produção e atendimento.

E aí tá gostando de conhecer o mecanismo das vendas no universo digital?

Você tem um celular, uma rede de conexões e ainda não sabe como ganhar dinheiro com isso?  Não se preocupe, você não é o único, mas vou te ajudar nesse processo!

Não perca a próxima coluna, porque vamos explorar mais o marketplace, detalhar como ele funciona e o mercado desse modelo no mundo e no Brasil. Também falarei sobre o marketplace de serviços e vamos começar a explorar juntos o universo de oportunidades da HotMart, você já ouviu falar por aí sobre isso, não é? Então, não perca e até lá!

LEIA TAMBÉM
Rodolpho Hesselbach
Últimos posts por Rodolpho Hesselbach (exibir todos)
5 1 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x