fbpx

Marketplace: meu produto e serviço, com 1000 vendedores

Rodolpho Hesselbach

Por Rodolpho Hesselbach

marketplace


Olá, vamos para nossa terceira etapa dentro do universo digital. Neste terceiro artigo, vamos juntos explorar como o marketplace funciona e o que é o marketplace de serviços.

Como apresentei no artigo anterior, o ambiente virtual do marketplace tem a função de reunir em um só lugar produtos de diversas lojas. A sua funcionalidade é muito simples, existem plataformas gratuitas.

Na Amazon, por exemplo, encontramos produtos vendidos pela própria Americanas.com, além de outros comerciantes em varejos de tamanhos menores, o pequeno lojista!

As grandes plataformas de marketplace são responsáveis por gerenciar o pagamento e o frete do produto até o cliente final, garantindo a entrega ou satisfação do cliente e ou dinheiro de volta, se necessário.

Essas plataformas têm, inicialmente, um baixo investimento, mas é importante ressaltar que elas te cobraram uma comissão (%) sobre cada venda realizada.

Entenda que um marketplace /plataforma (startup) permite que a mesma ganhe uma comissão pelos itens que os vendedores cadastrados vendem, e quanto mais confiável a plataforma, e oferecer benefícios aos parceiros, mais fornecedores são atraídos, mais tráfego é gerado, mais vendas acontece e, consequentemente, aumenta a suas oportunidades de lucro. 

Para o vendedor, lojas menores, sem o orçamento ou a capacidade de marketing para estabelecer seu próprio e-commerce, são os que mais se beneficiam da adesão a um marketplace, pois ao se aliarem a este modelo de negócio, maior e conhecido, essas lojas podem ganhar visibilidade e aproveitar uma estrutura completa, segura para suas vendas, fatores fundamentais que atraem muito compradores. 

Agora, já para o consumidor, os clientes de marketplace se beneficiam com a visualização de opções agregadas em um único site e têm o poder de encontrar o produto com o preço mais baixo ou a mais alta qualidade.

Dentro deste mercado do marketplace, existe outro segmento que vem sendo muito explorado e abordado, é o marketplace de serviços, dedicado a pessoas que são prestadoras de serviços.

Em sua funcionalidade são bem parecidos. Ou seja, uma marca conhecida reúne e anuncia em sua plataforma o serviço de diversos profissionais, de diferentes áreas e segmentos de serviço.

Como o prestador de serviço geralmente trabalha sozinho ou com uma estrutura pequena de profissionais, essa solução é muito interessante para inserir seu nome no mercado e ajudá-lo a atrair mais clientes.

O marketplace também é especialmente interessante para o consumidor, que consegue solicitar orçamentos e comparar preços em um só lugar.

Ainda existe a possibilidade de escolher um profissional a partir dos comentários e de avaliações deixados por outros usuários da plataforma, o que oferece mais segurança à tomada de decisão.

Hoje, você dificilmente vai encontrar uma empresa ou profissional que não esteja na internet.

Cada vez mais, os gestores estão atentos às mudanças dos consumidores em preferir comprar online do que ir pessoalmente às lojas, e isso acontece também no mercado de serviços, empresas e RH’s.

Você, como gestor, deve acompanhar essas oportunidades e analisar se deve ou não investir nessa tendência.

Porém, se sua empresa ainda não estiver online, e nem você como profissional e ou prestador de serviço, eu sugiro que você coloque isso no seu planejamento estratégico urgentemente.

Ao se inserir nesse ambiente virtual, você pode aumentar ainda mais os seus resultados de vendas, porque ele proporciona um aumento na visibilidade e credibilidade da sua empresa, em sua marca, e principalmente para empresas pequenas e pouco conhecidas, ou profissionais que estão iniciando a apresentação do seu trabalho, ideias e criatividade neste mercado.

A internet tem um ponto positivo que é a liberdade para entrada de qualquer empresa, pessoa e ou profissional de qualquer ramo e segmento de atuação, mas isso, para as próprias empresas, é um fator negativo, afinal, a concorrência pela atenção dos consumidores é bastante acirrada, por isso um planejamento de marketing digital e o famoso Business Plan, (Plano de Negócios) são fundamentais.

Não esqueça de me contar se está gostando de conhecer mais sobre o universo digital!

E se você tem um celular, uma rede de conexões e ainda não sabe como ganhar dinheiro com isso, não se preocupe, você não é o único. Continue me acompanhando, que vou te ajudar nesse processo!

Não perca a próxima coluna, porque no meu quarto artigo vamos falar mais sobre o marketing digital e, agora, começaremos a explorar juntos o marketing de conteúdo, e em breve um artigo especial só sobre a HotMart e o que essa plataforma pode te ajudar nessa pandemia a conseguir uma grana extra!

LEIA TAMBÉM
Rodolpho Hesselbach
5 1 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x