O ano está terminando. E o que você fez?

ano

Gente, sempre no final do ano eu lembro da música da Simone: Então é Natal, e o que você fez? Não tem jeito as vezes dou risada sozinha, mas na verdade essa música é meu start para perceber que realmente o ano está terminando, lembrar que precisamos fazer uma pausa para recarregar as baterias.

Mas tudo leve e sem cobranças, não gosto da correria de final de ano que parece que temos de comprar muito, fazer tudo correndo, sem nem pensar no que realmente estamos precisando ou no que importa de fato. Definitivamente essa não sou eu.

Quando o ano termina, penso em tudo o que aconteceu, faço uma revisão do que foi bom ou ruim, listo o que mudaria e o que quero para os próximos anos. Isso me ajuda a entender o quanto consegui atingir os meus sonhos e metas daquele ano e a traçar um novo horizonte para o novo que irá iniciar. E deixo espaço para adicionar algo que possa surgir, não costumo fechar portas e oportunidades. Sempre abro exceções para coisas boas que aparecem no meio do caminho…….

Penso em todos os aspectos da vida que são importantes. Isso inclui coisas para mim, para as pessoas a quem eu amo e para o planeta. Nas minhas atitudes em relação as outras pessoas, o que foi bom, o que consegui fazer e o que deixei para lá ou que não era o momento.

Geralmente eu escrevo algumas metas e vou acompanhando a lista para ver se estou seguindo ou não e sinceramente, as vezes não faço nada do que está na lista com exceção das coisas básicas para mim: atividade física, alimentação, fazer do trabalho algo gostoso e divertido, tomar café com amigos, porque adoro fazer isso, ou vinho. Sempre tem espaço para ajustes como tirar umas coisas e incluir outras melhores!

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

Não fico preocupada e nem angustiada se não consegui cumprir algumas das minhas metas, porque na minha mente eu já admito que se não aconteceu era porque não era e pronto e vejo sempre as outras coisas que entraram na lista e que nem tinha pensado.

Claro que já tenho várias coisas na agenda para o próximo ano, mas, não significa que no mês de dezembro sou obrigada a fazer do Mês uma maratona de compras, lojas, shopping, limpezas, e ainda tem festa da empresa, amigo secreto, e todas as coisas que envolvem a Ceia de Natal, nossa é uma loucura e não somos obrigados a fazer de dezembro essa sandice que parece que o mês todo dura uma semana.

Ao contrário, devemos pensar nas coisas boas que fizemos ao longo do ano, lembrando que já são quase dois anos de pandemia, incertezas econômicas, isolamento social, mas não é por isso que devemos sair e fazer mil coisas ao mesmo tempo como se o mundo fosse acabar amanhã.

Temos que pensar no próximo ano? Sim, mas não tem uma ordem cronológica para fazer tudo, podemos fazer com calma, refletir o que queremos para nossa vida, jogar fora o que não faz mais sentido, incluir mais atividades divertidas, passeios ao ar livre entre as atividades, deixar a vida mais flexível. E isso significa deixar espaço para sermos nós mesmos, para tomar aquele café com a amiga(o) no meio da tarde, ou um drink no final do dia e jogar conversa fora, são pequenos prazeres que devemos nos permitir, porque é bom, é gostoso e merecemos!

Claro que nem sempre pude deixar a vida leve, mas depois de uns anos aprendemos a nos conhecer melhor, a fazer ajustes quando necessário, a ter certeza de quem somos e do que queremos e isso vai tornando as coisas mais simples e aumentando a segurança na tomada de decisão. E isso leva tempo, mas a gente chega lá!

Um ótimo Natal a todos!

Grande abraço e até a próxima semana 😊

Selma Cabral

LEIA TAMBÉM
Selma Cabral
Últimos posts por Selma Cabral (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x