Obrigado, seo Sylvio

Sylvio

Nosso boa gente e camaradinha se foi. Gostaríamos que fosse um até já para os amigos, mas infelizmente foi um ponto final para a galera. Sylvio Ruiz era uma grande figura na cobertura do Santos, sempre bonachão e brincalhão com seus bordões, em quase seis décadas de cobertura do time, seja falando na TV e no rádio, além de escrever em jornais e contar suas histórias em livros.

De gravador na mão, trazia a palavra dos jogadores do Peixe e, muitas vezes, dos outros integrantes da imprensa que estivessem próximos. Até para registrar um patrocínio, sempre andando com o aparelho, mencionava todos que visse pela frente. Eu mesmo cheguei a ser citado em algumas dessas ocasiões, como freguês deste ou daquele estabelecimento. 

No momento dessas gravações, também era “dado” o “Prêmio SR” a alguns profissionais também próximos a ele no espaço destinado aos jornalistas no CT Rei Pelé. SR, claro, eram as iniciais de Sylvio Ruiz. Tudo fazia parte do show.

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

Nas apresentações de jogadores do Peixe, Sylvio Ruiz era um espetáculo à parte, ao fazer suas perguntas segurando a ficha do atleta, distribuída pelo clube. “Fulano de tal, estou aqui com seu currículo…”, invariavelmente ele dizia no início da questão.

Costumava chamá-lo de “seo Sylvio”. Via como respeito. Verdadeiro respeito. Como ele era O Verdadeiro – apelido dado nos tempos de Rádio Globo pelo narrador Osmar Santos – estava sempre disposto a informar, ensinar e divertir. De verdadeiras ficam agora as lembranças e a tristeza por sua partida.

LEIA TAMBÉM
Ted Sartori
Últimos posts por Ted Sartori (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x