Os 10 princípios do COMER INTUITIVO

Marina Ferreira

Por Marina Ferreira

comer


É sobre comer com a intuição. É perceber a sensação de fome, os sinais que o corpo manda são físicos. Você consegue sentir? E a sensação de saciedade? Quais sinais de saciedade você sente?

O comer intuitivo é um conceito criado por duas autoras norte-americanas, nutricionistas, Evelyn Tribole e Elyse Hesch, que pode ser aplicado para a mudança de comportamento alimentar. Baseia-se em melhorar a relação com a comida e tornar as pessoas conhecedoras do próprio corpo, como consequência a pessoa passa a tomar as rédeas da sua alimentação, escolhendo os alimentos de forma consciente e melhorando sua saúde.

A palavra intuição quer dizer “conhecimento imediato e claro, sem recorrer ao raciocínio”. TODOS nascemos com uma habilidade natural de sentir fome e comer de forma intuitiva. A amamentação sob livre demanda nos primeiros 6 meses do bebê é um ato que o protege dessa situação. A introdução alimentar respeitando a rotina, com alimentos naturais, e os sinais de fome e saciedade do bebê colaboram para mantê-lo capaz de saber quando e quanto comer. Porém, fatores externos como educação alimentar, exemplo familiar, escolar e midiático inadequados durante o crescimento e desenvolvimento, reduzem essa habilidade. 

São muitas as pessoas que se percebem, já adultas, desconectadas com o corpo a ponto de não serem capazes de perceber quando sentem fome ou saciedade, e passam a comer sem perceber, sem necessitar, sem confiar.

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

As autoras (Evelyn e Elyse) descreveram 10 princípios do comer intuitivo, a fim de orientar os seus pacientes (e leitores) a desenvolver uma melhor relação com seu corpo e com a comida.

1º Rejeite a mentalidade de dieta: procure evoluir sua alimentação de forma permanente
2º Honre sua fome: atenda aos sinais de fome e coma o suficiente para saciá-la
3º Faça as pazes com a comida: permita-se, a auto proibição pode aumentar o desejo pelo alimento
4º Desafie o policial da comida: coma sem julgamento, se livre de pensamentos que “falam” como você é bom ao resistir aos alimentos, ou ruim quando perde o controle
5º Respeite sua saciedade: perceba os sinais de saciedade que seu corpo envia, reflita durante a refeição
6º Descubra um momento de satisfação: retome o prazer e a satisfação ao comer algo que adora
7º Honre seus sentimentos sem utilizar-se da comida: alivie sua tensão e ansiedade com hobbies, esporte e lazer, não com a comida, adquira essa consciência e se planeje
8º Respeite seu corpo e aceite sua genética: menos autocrítica ao seu corpo, e menos expectativa também
9º Exercite-se: pela sua saúde, não pelas calorias
10º Honre sua saúde: use os conhecimentos que possui a seu favor, a fim de fazer escolhas mais saudáveis!

 

Eu sei que deu para entender o recado apenas lendo os 10 princípios. É sobre não ser tão radical, nem tão duro consigo mesmo, não leve nada ao extremo, retome a naturalidade que os alimentos trazem, e sempre lembre que o mais importante nessa relação é VOCÊ!

FICA A DICA DO LIVRO: Tribole, E; Resch E. Comer Intuitivo. Ed. Sextante. 1ª edição. 2021.

LEIA TAMBÉM
Marina Ferreira
Últimos posts por Marina Ferreira (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x