fbpx

Poderemos perder oportunidades de trabalho com a chegada de robôs com Inteligência Artificial?

João Carlos Feijóo

Por João Carlos Feijóo

 

Inteligência ArtificialRecentemente recebi o link de uma notícia com o pedido de um jornalista amigo para comentá-la. O título basicamente dizia o seguinte:

Os robôs destruirão 85 milhões de empregos em empresas de médio a grande porte nos próximos cinco anos, uma vez que a pandemia da covid-19 acelerou mudanças nos locais de trabalho.

A Inteligência Artificial pode tornar o ser humano mais produtivo, liberando profissionais de determinadas tarefas mecânicas e repetitivas para que possam usar o máximo de sua capacidade para criar e inovar em outros setores. Uma mudança no mercado de trabalho foi iniciada e, certamente, isso vai ceifar algumas vagas no futuro.

Acredito que este tipo de declaração pode tirar o sono de muita gente, principalmente daqueles que têm mais dificuldade de se adaptar a mudanças ou preferem a suposta zona de conforto. Mas, se observarmos a história, muitas profissões e funções perderam a relevância e até foram extintas. Isso é um processo natural do desenvolvimento do estilo de vida humano. Com o surgimento de mais tecnologias de automatização, mesmo bem antes da pandemia, esse processo já vinha se acelerando e é cada vez  mais necessário se tornar multidisciplinar, mesmo que atuando em uma área de conhecimento específico. 

 

A aceleração do uso de Inteligência Artificial, Big Data, IoT (Internet das coisas), Stream, entre outras ferramentas digitais, nos dá essa sensação de escassez de oportunidades no mercado de trabalho, mas para os mais adaptados, a perspectiva é de oportunidades mais bem valorizadas, com desenvolvimento profissional e pessoal. Também há especialistas que afirmam que esse processo tem gerado abundância de recursos básicos, inclusive de tempo disponível.

Esta pandemia tem mostrado que precisamos fazer movimentos concêntricos, se abrindo para  trabalhar em rede com pessoas que se identificam com a mesma causa e propósito, independentemente de onde elas estiverem no mundo, desde que conectadas de todas as formas.

A todo o momento tem surgido exemplos do uso das tecnologias emergentes para melhorar a produtividade com melhor aproveitamento do tempo e capacitando mais pessoas para o novo mercado de trabalho.

Tudo é uma questão de perspectiva!

Que todos estejamos preparados e seguros para enfrentar o contínuo desafio de nos adaptarmos às transformações que ocorrem no mundo.

Desejo que em 2021 tenhamos avanços tecnológicos e científicos que possibilitem mais segurança sanitária e alimentar, melhores conexões humanas e prosperidade em todos os cantos do planeta.

Feliz Ano Novo!  

LEIA TAMBÉM

João Carlos Feijóo
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x