fbpx

Que tal me deixar entrar no seu guarda-roupa?

Fotos colunistas marcia janz 1

Por Márcia Janz

guarda-roupa

Olá Pessoal!

No meu primeiro texto de 2021, que tal me deixar entrar no seu guarda-roupa?

Tem quem faça aquela limpa no final de ano e aqueles que tiram janeiro de férias e colocam a casa em ordem. Seja qual for sua preferência, que tal iniciar o ano com menos bagagem? 

Vou falar o que eu faço no meu closet e também do processo que realizo com minhas clientes, seja presencial ou on-line, que tem sido muito procurado: o Closet Clearing. 

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Na minha metodologia de atendimento não uso a expressão Closet Cleaning (limpeza), mas o Clearing. 

Para mim, não se trata só de tirar peças, mas de clarear, entender o seu closet e tornar a hora de se vestir não em uma tortura, do tipo procurar e nunca encontrar o que te agrada. Aquela velha e desesperada frase: Não tenho roupaaaa… 

O intuito é tornar essa hora um momento prazeroso, onde você se olhe no espelho, goste do que vê, se sinta confortável e saia para brilhar cheia de autoconfiança.

PROCESSO:

guarda-roupaComeço fazendo uma pergunta: quanto tempo faz que você não retira peças do seu armário, só entram mais e mais peças novas? 

E às vezes entram peças que nem conversam, ou combinam com o que você já possui, fazendo aquela salada mista e confusão na hora de montar um look para uma simples saidinha. E quando tem um encontro importante, então? Desespero e correria para as compras sem direção. Quem nunca?

Em nossas conversas por aqui, sempre deixo claro a importância de se conhecer, saber sobre seu estilo, coloração pessoal, biotipo para não errar na modelagem. Conhecimentos e autoconhecimento que te trarão conforto e confiança no vestir.

Tudo para que suas compras sejam mais assertivas e conscientes. E o mais importante, que sua imagem comunique ao mundo o que realmente você é e como deseja ser visto(a). Falei também como a imagem errada pode prejudicar as oportunidades que aparecem para você em todas as áreas da vida. Então, vale a atenção!

Esse processo de triagem de armário, além de eliminar o acúmulo de roupas que só atrapalham, pois muita informação trás confusão, vai simplificar e economizar seu tempo, gerando muito menos estresse para o seu dia a dia. Também acredito que conhecer e entender seu closet será transformador.

Vou te dar uma mãozinha, mas todos os passos precisam de muita atenção e nada de procrastinação.

Interessante ter caneta e papel para anotar necessidades para futuras compras. Peças que irão compor e multiplicar o que você já tem. Vou falar desse assunto na próxima matéria ok?

guarda-roupa

MÃOS À OBRA: Vamos separar por categorias.

Ex: Peças de baixo, peças de cima, terceira peça, peças únicas (vestido, macação…) e assim até chegar nos acessórios. Aconselho fazer também com sapatos e bolsas.

guarda-roupaObservação Importante: Tire um tempo para essa tarefa, que é só sua, não dá para delegar. Não tenha pressa, estamos falando de sua imagem e de peças que você investiu dinheiro. Coloque uma música agradável e comece. 

PASSO 1: Coloque todas as peças da categoria escolhida em cima da cama. Ex: blusas, camisetas…

PASSO 2: Faça mais uma seleção, desta vez por tecidos, modelo e cores.

PASSO 3: Separe a princípio as que você não usa há mais de seis meses, depois com todas as demais.

Vamos ter uma conversa bem verdadeira com cada uma delas. De preferência, experimente, se olhe no espelho, tire foto e faça as seguintes perguntas:

1) Está em boas condições de uso? (bolinhas, fio puxado, bainha pra fazer, ajustes…)

2) Essa peça te veste bem? Tem bom caimento e te valoriza?

3) A peça te representa hoje? Condiz com o que quer comunicar hoje? Combina com seu Estilo Pessoal?

É importante saber o porquê aquela peça não é escolhida por você para compor seus looks nos últimos meses ou até anos. Se as respostas acima forem um NÃO, porque elas estão no seu armário ainda, poluindo e atrapalhando seu olhar em um momento tão importante como o do vestir?

 Não aceite o mais ou menos, merecemos o MELHOR! 


Outra dica depois dessa triagem, na hora da arrumação, eu oriento minhas clientes a organizarem seus closets, primeiro por setor, segundo por modelo e terceiro por cor.

E mesmo que não queira, você sempre estará comunicando algo. Então é melhor ter e usar a seu favor essa ferramenta de comunicação: sua imagem. 

SIMPLIFICANDO:

Ama e usa = Fica

Ama e não usa = Criar novas formas de usar

Não ama e não usa = Sai

Agora é com vocês! Qualquer coisa, tô aqui!

LEIA TAMBÉM

Marcia Janz
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x