fbpx

Rasteirinhas: calçado vilão dos pés

Ivan Francisco Antonio

Por Ivan Francisco Antonio

Rasteirinhas


Olá, meu nome é Ivan Francisco Antonio, eu exerço a profissão de podólogo há 32 anos e me senti muito honrado em ser chamado para fazer parte desse projeto, com um grupo tão seleto de colunistas, para falar daquilo que faço com paixão há muito tempo: garantir bem-estar e saúde com cuidados especiais nos pés.

Clique e Assine o 40EMAIS e ganhe acesso completo ao conteúdo exclusivo do Portal, como Workshops e Mentorias, além de muitos descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Falar de pés no sentido de esclarecer mitos e levar informação para pessoas de 40 anos ou mais são tarefas muito agradáveis para mim, pois me enquadro nessa faixa etária.

Algo bem interessante de se falar nesse momento, principalmente pela estação do ano em que nos encontramos, é sobre as populares rasteirinhas, tipo de calçado que o público feminino tanto gosta!

Assim como os pijamas mais estilosos caíram no gosto das pessoas, por causa da quarentena, as rasteirinhas também ganharam os pés de quem se viu trabalhando de casa. Sabe o meme dos apresentadores de telejornal, que estão arrumados só da cintura pra cima? Muitos profissionais fizeram reuniões e participaram de discussões importantes, por videoconferência, mas nos pés ostentavam uma rasteirinha!

Elas são bonitas, confortáveis e passam uma sensação de liberdade até…

Só que nem tudo são flores, pois os pés foram projetados para andarem descalços, só que na terra (que é macia) e não no chão duro das calçadas. 

Quando se usa uma rasteirinha com aquele solado bem fininho, que por isso mesmo não absorve nenhum impacto, sobrecarrega-se o calcâneo, mais conhecido como calcanhar. Se isso se tornar um hábito, acontece um tipo de lesão no calcanhar chamada esporão ou esporão de calcâneo. 

Esse quadro é basicamente uma pequena protuberância na estrutura do calcanhar, o que provoca uma dor intensa, a ponto de a pessoa nessa situação mancar ao andar.

No meu ponto de vista, acho que não devemos nos privar de coisas que nos fazem felizes, mas como tudo na vida, devemos dosar também o uso da tão famosa rasteirinha!

Meu conselho é: use a rasteirinha se te faz feliz, use o salto alto se te faz feliz, mas tente equilibrar essas preferências, sempre alternando os calçados. Dessa forma, cada calçado irá forçar os pés em pontos diferentes, para que não resulte em lesões em ponto nenhum.

De preferência, use os calçados que vou chamar aqui de inadequados quando houver uma ocasião importante, mas no dia a dia faça escolhas mais benéficas ao seu bem-estar, como os calçados com um solado mais espesso para evitar sobrecarga.

Te garanto que seus pés e seu corpo como um todo te agradecerão e muito por esse cuidado!

 

LEIA TAMBÉM

Fotos colunistas ivan frascisco
Últimos posts por Ivan Francisco Antônio (exibir todos)
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x