fbpx

Selma Cabral: Ócio Criativo: Alguém sabe o que é?

Logo redondo

40EMAIS CONVIDA

ócio criativo


Quem nunca ficou irritado por não conseguir terminar as tarefas, ou ter uma ideia incrível para um projeto? Ou então ir sempre deixando as coisas para depois e nunca terminar?

Acredito que muitas pessoas já se viram nessa situação. E muito poucas acreditam ou sabem que tirar um tempo para não fazer nada é muito produtivo também. Isso mesmo, as vezes estamos com a cabeça tão cheia que não conseguimos pensar direito, e aí as ideias simplesmente não vem.

Eu mesma gosto muito de ouvir música, caminhar na praia para pensar, assim, mudo o foco e vou olhando as paisagens e aí pouco a pouco vou relaxando e consigo ter ideias incríveis e sem ficar quebrando a cabeça ou estressada para isso. Mas vocês devem estar se perguntando: Onde ela quer chegar com isso?

Pois bem quero chegar ao tão falado e pouco conhecido Ócio Criativo, que nada mais é do que exatamente o que falei e faço também, porque não adianta só falar né?

Ócio representa, por exemplo, uma folga do trabalho, do colégio ou faculdade, um momento de lazer, para aproveitar e descansar. Ócio é um tempo livre, um tempo vago para não fazer absolutamente nada, apenas para relaxar, e não pensar em nada, ficar em um momento de preguiça, vadiagem mesmo

A expressão “ócio criativo” foi criada pelo sociólogo italiano Domenico de Masi para explicar como um tempo livre ou o justo equilíbrio entre trabalho, estudo e descanso favorece a criatividade.

Até os dias atuais o acadêmico é uma das principais referências no tema, com frases e definições que representam a importância do ócio para a criação profissional e pessoal e para encontrar a felicidade no trabalho.

Parafraseando Domenico de Masi, “Existe um ócio alienante, que nos faz sentir vazios e inúteis. Mas existe também um outro ócio, que nos faz sentir livres e que é necessário à produção de ideias, assim como as ideias são necessárias ao desenvolvimento da sociedade.”

Conheço sobre o autor e o assunto desde a faculdade, pois fiz uma monografia sobre a “Importância do Lazer e Recreação” e quase não tinha livros sobre o assunto e muita coisa me baseei no Livro dele, que aliás recomendo a leitura.

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

E como podemos aproveitar o ócio criativo no tempo livre:

  • Deixar as redes sociais de lado um pouco, faz muito bem passamos muito tempo conectados, segundo  pesquisa Global Digital Overview 2020, realizada pelo We Are Social em parceria com a Hootsuite, apontou que nós brasileiros passamos cerca de 3 horas e 31 minutos por dia nas redes sociais.  Tendo em vista uma média de 9 horas no trabalho por dia, mais os períodos de locomoção entre a casa e o ambiente profissional, as redes sociais ocupam o restante do nosso dia. Além delas, existem poucas horas para dormir, ficar com a família e viver momentos de autocuidado. Está claro que as redes sociais tomam muito do nosso tempo e nos impede de ter mais tempo livre para realmente não fazer nada de verdade, ou seja, praticar o Ócio Criativo.
  • Sempre tenha uma ferramenta para anotar as suas novas ideias. É sempre bom ter um caderno, celular mesmo, para anotar, pois as boas ideias as vezes surgem nos momentos que menos esperamos. Quem nunca sonhou com um projeto inteiro que precisava fazer e depois esqueceu? Ou com aquele evento que queria fazer? Eu já e algumas vezes, e em várias dessas vezes não consegui anotar e não lembrava de tudo, tive que completar as fazes que esqueci e claro que não ficou como no meu sonho. Agora anoto tudo!
  • Permita-se fazer algumas pausas durante o trabalho, seja para tomar um cafezinho, dar uma volta no quarteirão, conversar com alguém, esses minutos vão te dar um novo ânimo.
  • Respeite os seus próprios limites, se não está conseguindo produzir, está cansado, faça uma pausa, de uma volta, uma caminhada. Você vai ver que depois as ideias voltam.
  • Descubra o que te inspira, fazer as coisas com vontade é o meu lema, não gosto de fazer nada pela metade, de qualquer jeito só para cumprir agenda, por isso trabalhar com o que gosta para mim é primordial, tenho que ter vontade de fazer, se não, prefiro nem começar e para isso devemos saber o que nos faz levantar da cama todos os dias. Sentir aquele tesão pela vida e pelas coisas que fazemos. Isso faz toda a diferença!

Espero que essas dicas ajudem muitas pessoas a descobrirem o seu tempo e tirar melhor proveito das ideias, das coisas, achar seu ponto de equilíbrio, isso leva tempo e dedicação, mas vale a pensa, porque passamos a produzir muito mais e ainda sobra tempo para as outras coisas importantes: família, um tempo só nosso, pois acho muito importante termos o nosso momento, o nosso tempo para não fazer nada mesmo ou para fazer algo que gostamos.

Todos esses assuntos que trago para vocês nesse espaço fazem parte do meu dia a dia, já fiz tudo ao mesmo tempo agora e com o tempo aprendi que nem tudo pode ser na hora e tudo junto. E que um tempo para nós é mais produtivo do que passarmos horas trabalhando sem parar e só pensando que podíamos apenas dar uma volta no quarteirão que fosse.

Pensem a respeito e comece as mudanças. E me falem também!

E claro se precisar de dicas estou à disposição 😊

Um abraço

Até a próxima

Selma Cabral

Consultora de Turismo & Eventos

**Este texto não, necessariamente, reflete a opinião do 40EMAIS.

Selma Cabral Olá, sou Selma O S Cabral, turismóloga por paixão e, dentre os vários trabalhos que realizei no Turismo, fui, durante 08 anos, Diretora na empresa Estação do turismo em Santos/SP, onde desenvolvi diversos cursos de Capacitação de mão-de-obra voltados para o Turismo. Também criei vários Eventos em parceria com a Incubadora de Empresas de Santos Atualmente sou Diretora da empresa Turismo & Ideias.

LEIA TAMBÉM

Logo redondo
0 0 votos
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x