Virei empreendedora, onde busco meu crescimento?

empreendedoraSou, por formação, Administradora de Empresas com várias especializações e Advogada, também com especializações, e trabalhei 20 anos na área administrativa/financeira e fui muito tempo CLT. Empreendedora

Quando decidi ter minha própria empresa, começaram as dúvidas que até então não existiam e a busca de alguns conhecimentos que mesmo com toda minha experiência, eu não tinha experiência de causa, o tal do “empreender”.

Atendo, muitos, muitossssssssss empreendedores e grande parte ao conversar,  percebo que faltam muitas coisas para que comecem de forma mais assertiva e com mais chance de sucesso na empreitada que se propuseram.

Estive em um seminário em Alphaville a duas semanas e uma das coisas que mais me marcou em todas palestras foi “tenha mentores”, tenha pessoas que te inspirem e falem o que você precisa ouvir. Tenha mentores, que são pessoas que podem te orientar naquilo que você está se propondo. Tenha mentores, que serão aqueles que te puxarão a orelha e falarão: olha, volta que você deu um passo no caminho errado mas ainda dá tempo de voltar a rota correta!  Junte-se com pessoas que te elevem, que te deem conhecimento e te mantenham com mentalidade de abundância, de crescimento.

PRODUTOS 40EMAIS

Logo redondo CURSOS

O 40EMAIS traz para você os melhores cursos, para você dar aquela guinada de 360º na sua vida. Não Perca!

O que tudo isso tem a ver comigo que atuo na área jurídica em Registro de Marcas e Direito Autoral? Tem a ver que as pessoas muitas vezes começam a empreender no que acham “legal” ou “gostam” mas não se preocupam em ter “conhecimento” para que tenham sucesso, não querem ouvir aqueles que já tem mais conhecimento e que querem orientar!!!. Esse conhecimento envolve, ter um planejamento de tudo que precisará, fases que terá que cumprir para poder prestar o serviço que deseja ou vender algum item, se terá que ter licenças, NF de venda, CNPJ mesmo como MEI com o CNAE correto e além disso tudo, que nome usará e que pode sem querer confrontar com uma empresa já existente e que ingressará contra ele com ação de danos morais e materiais e poderá trazer uma condenação de valores que nem tem ideia ainda quando faturará.

O que quero com este texto breve e simples? Que o empreendedor, independente do que fará ou do tamanho que quer alcançar, mesmo que queira continuar pequeno, procure conhecimento para seu planejamento que hoje está muito mais fácil o acesso em locais como SEBRAE e outros, que escolha o CNAE adequado de sua MEI, e que se atente a não ferir o direito de ninguém e trazer para si prejuízos incalculáveis que decretarão seu final mesmo estando começando. Verifiquem sua MARCA, cuidado com o nome que usarão pois alguns nomes não podem ser usados em ramo algum, pois são protegidos para todo e qualquer tipo de atividade, como FUSCA por exemplo. 

Antigamente o acesso à informação não era tão fácil, mas na era digital e de tantos órgãos e instituições de apoio ao empreendedor, esta desculpa “não cola mais”.

Comece certo!! Tenha mentores, pessoas que te inspirem a ser MELHOR!

LEIA TAMBÉM
Carmem Mosteiro
Últimos posts por Carmem Mosteiro (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x