Quem não gosta de um bom vinho e de uma boa comida?

Selma Cabral

Por Selma Cabral

 

vinhoE porque não aproveitar os dois ou melhor: os três e incluir uma bela viajem com tudo isso e muita

diversão juntos?  Geralmente quando pensamos em vinícolas, logo vem a mente Argentina, Chile, ou o Sul do Brasil, mas tem um local bem pertinho de São Paulo.

O Roteiro do vinho em São Roque – cidade fundada em 16 de agosto de 1657 pelo nobre capitão paulista Pedro Vaz de Barros, conhecido também como Vaz Guaçu, O Grande. A cidade recebeu o nome São Roque devido a devoção de seu fundador por este santo. Atraído pela região, estabeleceu-se com sua família e por volta de 1.200 índios as margens dos ribeirões Carambeí e Aracaí, começando assim, a cultivar trigo e uva.

Mais tarde, imigrantes italianos e portugueses cobriram as encostas dos morros com vinhedos, instalaram suas adegas e transformaram São Roque na famosa “Terra do Vinho”. Em 1681, Fernão Paes de Barros, irmão do fundador, constrói a Casa Grande e a Capela de Santo Antonio, em taipa de pilão, vindo esta a servir como parada e pousada dos Bandeirantes, que desciam o Rio Tietê em busca de ouro e esmeraldas.

Em 1832, São Roque foi elevada à condição de vila e, em 1864, à categoria de município. E, em 1990, devido ao seu grande potencial no cenário histórico, artístico, ecológico e cultural, foi transformada em Estância Turística. Com um ótimo clima serrano, paisagens belíssimas e povo hospitaleiro, São Roque dispõe de uma excelente infra-estrutura hoteleira, bons restaurantes, um amplo comércio e os mais saborosos vinhos da região.

vinho

Fica à apenas 60 Km de São Paulo e é servido por duas grandes Rodovias – Raposo Tavares e Castelo Branco – São Roque oferece aos visitantes opções de lazer com ar puro e muita tranquilidade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Papo de Vendedor

Mas voltamos ao vinho:

vinhoO Roteiro do Vinho é uma oportunidade de vivenciar essa história e toda a tradição de perto, através das adegas, vinícolas, restaurantes, hotéis, pousadas e centros de lazer e entretenimento, em meio à natureza abundante da mata atlântica preservada. É formado pela Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e Rodovia Quintino de Lima. Você não paga para passear no roteiro, dá pra ir com seu veículo mas se for beber muito vinho não aconselho, melhor levar um motorista para voltar ou ir de taxi), levar toda sua família e degustar bons vinhos, deliciosos produtos típicos, almoçar em ótimos restaurantes e passar momentos de lazer memoráveis nas fazendas, pesqueiros, ranchos e pousadas. Tudo isso à apenas 50 quilômetros da capital.

 

Ainda poderá visitar as produções de alcachofras e hortaliças, trazidas pelos imigrantes europeus, que encontraram em São roque, um clima ideal para desenvolver as culturas.

Tudo isso é possível fazer em apenas um dia no esquema bate e volta. Mas quem quiser passar o fim de semana também é possível.

Fica essa dica de passeio próximo e bem legal.

LEIA TAMBÉM

Selma Cabral
Últimos posts por Selma Cabral (exibir todos)
5 2 votos
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x