fbpx

Cidades para aproveitar o friozinho

Selma Cabral

Por Selma Cabral

friozinho
Marco Ankosqui/MTur

O Brasil é um país rico paisagens naturais e com diferentes relevos e clima. Além de belas praias, tem também opções para gosta de aproveitar o friozinho e suas delícias.

Cidades com clima ameno, cercadas por natureza e montanhas são uma excelente pedida para viajar no inverno, tomar um vinho e curtir uma noite pertinho de uma lareira. Nada mais revigorante do que fazer uma pausa para conhecer uma cidade diferente e relaxar apreciando novas paisagens!

Os destinos de inverno costumam ficar mais cheios durante a estação, é claro, em especial no mês de julho, que também corresponde ao período de férias escolares. Como esses destinos ficam mais cheios no inverno, esse também é o período de alta temporada em muitas cidades.

Se você quer evitar preços altos e muita gente nas atrações, uma boa dica para viajar para destinos de inverno é evitar os fins de semana e aproveitar meses como maio, o começo de junho, fim de agosto e setembro, em que as cidades podem estar mais vazias e até com preços melhores nas acomodações.

Outra dica que vale a pena é se atentar às cidades vizinhas daquele destino de inverno que você quer visitar, que pode oferecer uma experiência bem legal e preços muito mais camaradas nas acomodações.

Mas para quem quer estar exatamente no meio da muvuca e onde tudo acontece vale também. Tudo depende da sua vontade e disposição.

Importante: Sabemos que com a pandemia não é o momento de viajar, mas as dicas são válidas para planejar suas férias ou folgas do próximo ano ou mesmo para conhecer novos destinos pelo país!

Além das tradicionais cidades turísticas, a região montanhosa do Rio Grande do Sul reserva outros municípios bonitos e interessantes para aproveitar o frio e dependendo da cidade dá até para ver neve e geada.

Gramado e Canela: são as cidades mais conhecidas quando o assunto é viajar e aproveitar o frio no sul do Brasil. No entanto, existem outras cidades também na serra gaúcha, lindas, geladas e com lugares superinteressantes para o seu tour de inverno com glamour no Rio Grande do Sul.

friozinho
Renato Soares – MTUR
friozinho
Renato Soares – MTUR

A serra gaúcha é conhecida por ser uma região muito fria, com fabricação de bons queijos, chocolates e vinhos. Dependendo da sua sorte, também é possível presenciar neve e geadas bem nos primeiros horários do dia.

A arquitetura também não passa despercebida, uma vez que por conta da forte migração italiana e alemã, as casas e os prédios dão uma sensação de estar em território europeu.

Ao todo são 13 municípios que formam a região da serra gaúcha. Gramado e Canela formam a rota de imigração alemã, com café colonial alemão e atividades culturais essencialmente da cultura germânica. Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa são cidades conhecidas como rota do vinho. Já Caxias do Sul, Flores da Cunha e Nova Pádua com uma forte cultura italiana, com restaurantes e cafés coloniais italiano.

Garibaldi: Apesar de não ser tão conhecida, é uma linda cidade da serra gaúcha, considerada a capital brasileira do espumante. No centro de Garibaldi há vinícolas e uma delas é a centenária vinícola Peterlongo, local onde foi inaugurado o primeiro espumante brasileiro. O casarão onde fica localizado a vinícola é basicamente um castelo no meio da cidade.

Por lá, é possível realizar um piquenique em família, degustando vinhos, espumantes e experimentando as comidinhas servidas nos parreirais ao lado. O tour inicia pelo Museu da Peterlongo, passando pelos tanques, cave subterrânea, finalizando na degustação de vinhos e espumantes.

Cada dupla participante do piquenique receberá uma cesta com taças, frios, geleia, porções de torradinhas, damasco, amendoim japonês, azeitonas, pão de mel, trufas artesanais, um espumante e um suco de uva integral.  O atendimento é somente sob reserva.

Bento Gonçalves é conhecida como a cidade dos vinhos, com restaurantes e acomodações surpreendentes. A cabana no Vale dos Vinhedos é um exemplo desses aconchegos, com uma grande estrutura para receber os turistas com Wi-Fi gratuito, recepção 24 horas, cozinha compartilhada, estacionamento privativo gratuito, ar-condicionado, cozinha, área de estar, área para refeições e TV de tela plana, além de churrasqueira e um terraço ao ar livre.

friozinho
Renato Soares – MTUR

O Cabana no Vale dos Vinhedos fica a 6 km da Vinícola Aurora e a 8 km do Centro de Convenções – Fundaparque, na rua Estrada Linha 15 da Graciema, Bento Gonçalves. O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, a 37 km de distância.

Nova Pádua: Município nascido como uma homenagem à cidade italiana Pádua, é conhecido por ter vários restaurantes com culinária do país europeu e é mais um dos lugares que para apreciar o frio na Serra Gaúcha. O restaurante panorâmico Belvedere Sonda é um dos mais bem avaliados em Nova Pádua com gastronomia italiana.

Funcionando com reservas e em fins de semana e somente no horário do almoço, o restaurante conta com sabores típicos da gastronomia italiana e com uma bela taça de vinho produzido na própria região. O tamanho do salão do restaurante é enorme, com mesas compridas com toalhas quadriculadas, em um ambiente simples.

Para quem gosta de uma visão panorâmica e um turismo movido pela fé, uma ida até o Morro do Calvário pode ser um bom roteiro e possibilita uma deslumbrante visão do município de Carlos Barbosa, com 30 mil habitantes, conhecido pela sua forte migração italiana.

Lá em cima se encontra a famosa Igreja Nossa Senhora das Dores, que fica no topo do morro. O turista vai precisar percorrer um percurso que possui as 14 estações da Via Sacra, onde acontece anualmente a encenação da Paixão e Morte de Cristo. O horário de funcionamento é das 9h às 17h, com entrada gratuita, e durante a pandemia é necessário ficar atento à reabertura.

Para ter acesso ao município de Carlos Barbosa é preciso acessar a BR-470, tanto para quem vem de Bento Gonçalves e tanto para quem vem de Garibaldi. Para quem vem da capital, Porto Alegre, a opção é a RS-446, em São Vendelino.

Mas no Brasil existem vários lugares para aproveitar o inverno. Vamos conhecer?

Diamantina, Minas Gerais

friozinho
Pedro Vilela/MTur

A cidade de Diamantina está localizada a 300 km da capital Belo Horizonte e é ponto de partida de uma das rotas mais populares para o turismo mineiro: A Estrada Real. Por muitos anos esquecida pelos visitantes, Diamantina recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1999 e desde então busca novos rumos para o turismo. Cada dia mais movimentada, Diamantina reserva preciosidades que vão além da história ligada à extração de diamantes no século XVIII.

Os charmosos casarões e igrejas centenárias que compõem as ruas de pedras estão entre as maiores atrações de Diamantina. Eles são palco do maior espetáculo local: a Vesperata. O show reúne dezenas de instrumentistas que emocionam os visitantes em interpretações musicais sob comando de um maestro em meio ao público.

Domingos Martins, Espírito Santo

friozinho
Vitor Jubini/MTur

O município de Domingos Martins faz parte da região das Montanhas Capixabas e abriga belas paisagens montanhosas, com um clima ameno. A região foi colonizada por italianos e alemães e sua gastronomia oferece excelentes pratos. A área é ótima para quem buscar ar puro, quer ver cachoeiras, fazer trilhas e conhecer pequenos negócios de produtores locais, que vendem queijos, cafés e licores produzidos por lá. Vale a pena reservar um dia para conhecer o Parque Estadual de Pedra Azul, uma que se destaca entre outras montanhas e parecer ter um lagarto tentando subi-la.

Monte Verde, Minas Gerais

Boa dica para quem busca um destino com clima ameno e nas montanhas, Monte Verde está em Minas Gerais, quase na divisa com São Paulo, sendo uma boa opção de destino de inverno a partir da capital paulista. A distrito, que é parte da cidade de Camanducaia, tem trilhas, um centrinho com lojas e restaurantes, e hospedagens ótimas para quem quer tranquilidade. É um excelente destino para casais e para quem quer encontrar uma cidade com boa estrutura, já que por lá você encontra bons hotéis e pousadas.

Visconde de Mauá, Rio de Janeiro

Com trilhas, cachoeiras, morros e muita interação com a natureza, Visconde de Mauá, no Rio de Janeiro e bem pertinho de Minas, é um destino para quem quer aproximação com a natureza. A cidade é muito legal para quem busca um fim de semana tranquilo, ideal para conhecer a fauna e flora da região e renovar a energias antes de voltar para o dia a dia cheio de atividades.

Guaramiranga, Ceará

Destino de frio no Ceará? Pois é, a maioria das pessoas pensam em praia e calor ao falar do Ceará, mas alguns destinos de clima mais ameno são uma boa pedida para fugir do calor forte da região e um deles é Guaramiranga. A cidade está a pouco mais de 100 km de Fortaleza e tem entre seus principais passeios o Mirante do Pico Alto, que tem visão panorâmica da região, o Mosteiro dos Jesuítas e o Parque das Trilhas, que como o próprio nome indica, oferece trilhas na natureza. Outra dica no Ceará, mas bem mais distante da capital, é Ubajara, onde fica o Parque Nacional de Ubajara.

São Bento de Sapucaí, São Paulo

Boa dica para quem quer fugir do ritmo da capital paulista, mas sem a badalação de Campos do Jordão, São Bento de Sapucaí é um destino tranquilo, com bons preços e menos agito que sua cidade vizinha. A cidade, que está na Serra da Mantiqueira, é uma boa pedida para fazer turismo rural, visitar pequenos produtores locais, admirar o trabalho de artesãos locais, conhecer a Pedra do Baú, grande atração da cidade ou a Pedra do Bauzinho, uma formação de menor porte e acesso mais simples.

Teresópolis, Rio de Janeiro

friozinho
Denise Ricardo – MTUR

Localizada na região serrana do Rio de Janeiro e a cerca de 50 km de carro Petrópolis, sua vizinha mais badalada, Teresópolis oferece imersão na natureza e ótima gastronomia. A cidade costuma ficar mais animada nos fins de semana, quando chegam por lá os visitantes cariocas, e é uma boa dica para quem quer relaxar ou fazer atividades físicas, como os trekkings do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Para quem busca paisagens montanhosas, mirantes, quer admirar belas flores ou cachoeiras, é um destino superbacana!

9 – Curitiba – Paraná

friozinho
Renato Soares – MTUR

Curitiba é a capital mais fria do Brasil tem uma ótima estrutura e pode ser uma boa ideia para quem prefere um destino de maior porte, com direito a hotéis de excelente qualidade e grande variedade de restaurantes para jantar. Organizada e limpa, a cidade é uma boa opção para quem quer também visitar museus, parques e experimentar cervejas diferentes.

Urubici, Santa Catarina

Urubici é um destino da Serra Catarinense, a cerca de 3 horas de carro de Florianópolis. A região tem cachoeiras, cavernas com inscrições rupestres, cânions e montanhas — é um belo destino para se conectar a natureza e esquecer a confusão das grandes cidades. O clima ameno da região faz com que ela seja um dos lugares mais frios do Brasil e se você gosta de temperaturas extremas, pode ser esse seu lugar para as férias de inverno! Viajando ao local você pode conhecer também a Serra do Rio do Rastro, área coberta pela Mata Atlântica, com uma estrada cheia de curvas e um dos panoramas mais bonitos do Estado.

Santo Antônio do Pinhal, São Paulo

Vizinha de Campos de Jordão e localizada na Serra da Mantiqueira, Santo Antônio do Pinhal pode ser o destino ideal para quem busca tranquilidade, aconchego e bons preços. A cidade é pequenina, tem cachoeira, jardins abertos ao público, mirantes e um centrinho onde fica a Boulevard Araucária, sua principal via. É uma cidade simples, mas cheia de charme e do aconchego de destinos pequenos.

Ouro Preto, Minas Gerais

friozinho
Pedro Vilela/MTur

Entre ladeiras e ruas de pedra com casarões coloniais, vive a charmosa Ouro Preto. Destino cheio de história, com igrejas de grande valor cultural e uma ótima estrutura. A cidade tem muitas ladeiras, uma arquitetura linda, boa variedade de hotéis e restaurantes de excelente qualidade. Para quem quer aliar infraestrutura, atrações históricas e o tão falado acolhimento mineiro, Ouro Preto é um destino incrível!

Tiradentes, Minas Gerais

friozinho
Pedro Vilela/MTur

Com um centro histórico charmoso e ruas que são um convite aos passeios ao ar livre, Tiradentes é um destino para curtir um pouco de tranquilidade e espairecer em Minas Gerais. É um lugar de gastronomia invejável, ótimo para não fazer muita coisa e simplesmente aproveitar para estar por lá, descansar e apreciar belas paisagens. Pertinho de lá fica também São João Del Rei, outro destino muito bacana, com bela arquitetura e construções barrocas.

São Paulo

friozinho
Rogério Cassimiro – MTUR

Além das cidades do interior, a própria capital do Estado de São Paulo pode render um belo roteiro durante o inverno. O frio que faz na cidade convida a um delicioso roteiro gastronômico, permite conhecer museus ou também fazer atividades ao ar livre quando o frio não é tão intenso. As atividades culturais em São Paulo são inúmeras, com eventos o ano todo, o que também convida viajantes a um passeio pela capital.

Cambará do Sul, Rio Grande do Sul

Cambará do Sul está localizada no Rio Grande do Sul, a cerca de 230 km de Porto Alegre e na região dos Campos de Cima da Serra. Cambará está em uma região de paisagens incríveis, cercada pela mata e por cânions, como o Cânion do Itaimbezinho e Fortaleza, é um destino muito bacana para aliar atividades na natureza, como trilhas, às temperaturas amenas do sul do país.

16. Holambra, São Paulo

Conhecida como a “cidade das flores”, Holambra é uma cidade pequenininha a cerca de 130 km da capital, que tem em torno de 15 mil habitantes. Sua história está ligada à da Holanda, já que a cidade recebeu uma colônia de imigrantes neerlandeses.  Holambra tem várias construções com estilo holandês e é uma grande produtora de flores, por isso, ao visitar a cidade, um dos programas mais legais será visitar fazendas com plantações de flores, das mais variadas espécies.

As flores produzidas em Holambra são comercializadas em todo o país e quem visita a cidade no mês de agosto costuma poder frequentar a Expoflora, a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina. A cidade também é um bom passeio no Natal, quando recebe uma decoração especial, o chamado Noeland!

17 – Pirenópolis, Goiás

Chamada apenas de “Piri” entre os íntimos, Pirenópolis é uma cidade pequena, muito frequentada nos fins de semana, que tem uma arquitetura charmosa e ruas de pedra. É uma cidade com várias cachoeiras ao redor e uma excelente estrutura para quem quer ficar bem hospedado. Muitas pessoas que vivem em Brasília procuram Piri quando querem relaxar e com o clima ameno que faz nas noites de inverno do centro-oeste, curtir Pirenópolis pode ser uma excelente alternativa.

Petrópolis, RJ

friozinho
Wania Corredo – MTUR

A cidade imperial é uma delícia para curtir dias de clima ameno e descobrir mais de perto um pouco da história do Brasil. Com bastante verde ao seu redor e atrações como o Museu Imperial, a Casa de Santos Dumont e a cervejaria Bohemia, Petrópolis e a região serrana do Rio são um convite ao sossego, sem deixar a desejar em infraestrutura. A cidade oferece passeios em meio à natureza e outros vários ligados à época do Brasil imperial.

Campos do Jordão, São Paulo

friozinho
Marco Ankosqui – MTUR

E não dá para esquecer Campos do Jordão. A cidade é um verdadeiro charme, mistura badalação e infraestrutura de uma maneira única e ainda tem uma linda arquitetura. É um destino excelente para descansar, admirar belas paisagens naturais e desfrutar da ótima gastronomia da cidade. E quem gosta de vida noturna também encontrará isso por lá – é uma cidade completa.

Campos é um destino de inverno popular já há muitos anos no Brasil, principalmente entre os moradores do estado de São Paulo, mas que não é um destino muito barato. Vale conferir as atrações do Festival de Inverno de Campos do Jordão em julho, sempre com apresentações de música clássica, muitas delas gratuitas!

Fonte: https://www.melhoresdestinos.com.br

Espero que gostem das sugestões!!

Um abraço e até a próxima!

LEIA TAMBÉM
Selma Cabral
Últimos posts por Selma Cabral (exibir todos)
0 0 votos
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x