fbpx

Natal

Selma Cabral

Por Selma Cabral

Uma cidade que encanta com toda a sua beleza!!

Natal
Vlademir Alexandre/MTur

Natal, localizada no Rio Grande do Norte, foi fundada em 25 de dezembro e por isso não havia nenhum nome que melhor representasse a pequena capital potiguar a não ser o nome escolhido! Localizada na “esquina” do Brasil, Natal fica em um ponto estratégico do nosso continente, cercada pelas mais variadas belezas naturais e por um ventinho constante. Ela é digna do título de “cidade grande”, mas tem aquele clima aconchegante de uma pequena capital, que cresce e muda constantemente. Considerada um dos melhores destinos do Nordeste, Natal tem passeios e praias lindas em qualquer época do ano!

Natal – Rio Grade do Norte

Famosa pelo ar puro e por ser considerada a cidade com mais dias de sol no Brasil (uma média de 300 por ano), Natal é aquele destino em que parece verão o ano todo. É uma cidade com um visual bem diverso, em que as dunas fazem parte do cenário urbano e a natureza se harmoniza com as necessidades dos moradores. No meio da cidade, está preservado o Parque de Dunas, segunda maior área florestal urbana no país, com lindas dunas, mata e um belo visual para o mar.

Natal
Alex Regis/MTur

Natal é uma cidade com preços mais econômicos do que outros destinos de praia do Brasil, que tem a possibilidade de aproveitar um lindo mar e admirar belas paisagens naturais — tudo isso sem gastar exageradamente. Sua única dúvida em Natal deve ser na hora de responder à pergunta “Com emoção ou sem emoção?” ao descer as dunas douradas de buggy.

O que fazer em Natal

Ponta Negra é o principal bairro turístico da cidade e o lugar onde você vai querer curtir ao realizar sua viagem. Ele também tem a principal praia da capital, a Praia de Ponta Negra, e em uma de suas extremidades fica o Morro do Careca, uma duna com mais de 100 metros de altura que se tornou cartão-postal do Estado.

As principais atividades em Natal são curtir as praias da cidade, fazer passeios para as redondezas e através deles conhecer parques de dunas, piscinas naturais e praias vizinhas. Como o Rio Grande do Norte é um estado relativamente pequeno, é bem fácil fazer passeios para destinos próximos.

Durante a viagem você também vai querer aproveitar para conhecer os restaurantes, que reúnem a cozinha do mar e a maravilhosa gastronomia nordestina. Tapiocas, pratos com carne seca e camarões não podem deixar de integrar sua dieta durante a viagem!

Praias de Natal

Com uma paisagem tão variada e um litoral extenso, Natal é ponto de partida para explorar um belo litoral e não só as praias da própria capital como a famosa Ponta Negra como outras áreas do Rio Grande do Norte, como a Praia de Pipa com suas incríveis falésias, ou o Litoral norte do Estado, onde ficam as Dunas de Pitangui e Genipabu e as piscinas naturais de Maracajaú — também conhecidos como Parrachos de Maracajaú.

Natal
Genipabu | Vlademir Alexandre/MTur

 

Uma dica importante para quem deseja aproveitar as Praias de Natal, fazer passeios em Natal e outras atividades, é tentar viajar no período de maré baixa, que é a época em que as piscinas naturais se formam.

O que fazer em Natal

Natal, conhecida por seus incontáveis dias ensolarados, é a cidade perfeita para quem quer descansar em frente ao mar. Ponta Negra é o lugar preferido dos turistas, mas a viagem não deve se resumir a apenas essa praia. Quem vai a Natal não pode ficar preso à cidade — o litoral sul e o Norte têm muito a oferecer e os passeios são parte do roteiro de quem quer desfrutar dos melhores lugares do Rio Grande do Norte.

Natal
Praia de Ponta Negra | Alexis Regis/MTur

Na própria cidade, os destaques ficam por conta da já comentada Ponta Negra, com o Morro do Careca em uma de suas extremidades — a duna com mais de 100m de altura na beira do mar é um dos principais cartões-postais do Estado. A área do Morro do Careca é protegida, então não é possível acessá-la, mas através de um passeio de barco você pode admirar não só o Morro como a Praia das Tartarugas, uma praia pouquíssimo explorada da cidade. O Parque das Dunas, segunda maior reserva florestal do país, é outro passeio incrível e até pouco explorado por grande parte dos turistas. Nesse parque é possível fazer pequenas trilhas pelo meio da mata, observar diferentes espécies de plantas e admirar belas dunas em frente ao mar.

Natal
Praia de Areia Preta | Frankie Marcone/MTur

Na parte central da cidade ficam as Praias da Areia Preta, Praia do Meio, Praia dos Artistas e Praia do Forte — atualmente são praias mais frequentadas pelo público local, mas podem render um bom passeio para conhecer a região. A Praia do Forte, principalmente, protegida por arrecifes de corais, forma piscinas naturais na maré baixa e fica uma delícia para curtir um mar tranquilo. A praia tem esse nome porque junto a ela fica a Fortaleza dos Reis Magos, construção histórica que servia para proteger a cidade e se tornou uma das principais atrações turísticas de Natal (o local está fechado para visitas atualmente). A partir da Praia do Forte você também poderá observar a Ponte Newton Navarro, que liga os dois lados do Rio Potengi.

Natal
Forte dos Reis Magos | Frankie Marcones/MTur
Natal
Praia de Genipabu | Frankie Marcones /MTur

Se você visita Natal, deve reservar pelo menos um dia para fazer um passeio. As possibilidades de atividades são variadas, mas entre os principais passeios estão o passeio de buggy pelo litoral norte, que passa pelas Dunas de Genipabu, e o passeio aos Parrachos de Maracajaú, que são piscinas naturais formadas no período de baixa da maré, ótimas para observar a vida marinha com snorkel. Outro lugar lindo que pode ser conhecido em um passeio ou por conta própria é o trajeto pelo litoral sul, em que se visita o Maior Cajueiro do Mundo, a praia de Camupirim e, por fim, a Praia da Pipa. Se puder, estenda sua viagem e fique alguns dias em Pipa ou Tibau do Sul, o lugar é lindo demais para ser conhecido só de passagem!

Compras em Natal

Quem gosta de fazer algumas compras ao viajar encontrará algumas oportunidades em Natal. Os principais shoppings da cidade são o Midway e o Natal Shopping e neles você encontrará grandes lojas de marcas nacionais e até internacionais. Mas shoppings são mais ou menos parecidos em qualquer cidade brasileira, não é mesmo? Então reserve um tempo para se dedicar ao comércio local, com produtos regionais!

Já que você visitará Natal, vale a pena visitar os mercados artesanais, onde poderá encontrar redes de descanso, tecidos rendados e bordados, lembranças de viagem para presentear amigos, artigos de decoração, produtos feitos em palha, além de castanhas, pimentas, rapadura e várias outras coisas gostosas para comer! Para encontrar produtos regionais, os dois lugares que recomendamos visitar são a Feirinha de Artesanato de Ponta Negra, onde costuma haver apresentações de forró durante a noite, e o Shopping do Artesanato Potiguar. Em ambos os locais a variedade de produtos é grande e o preço competitivo! 

Noite em Natal 

Para quem quer fazer um programa leve durante a noite, sair para jantar pode ser suficiente, mas para quem prefere algo mais animado, destacam-se na cidade o Taverna Pub, bar com decoração toda medieval e que sempre tem festas diferentes, e o Whiskritório, casa estilo balada, com shows, principalmente de rock, ambiente interno e externo, além do Old Five, bom para petiscar e apreciar a vista da cidade.

Na antiga prisão, onde hoje é um centro de artesanato, ocorre o Forró com Turista. O evento acontece todas as quintas-feiras no Centro de Turismo de Natal e é a melhor opção para quem quer conhecer o popular ritmo nordestino. Embalados pelos trios de forró, muitos têm a oportunidade de aprender a dançar.

Morro do Careca: Cartão-postal de Natal, o Morro do Careca é uma duna no extremo da praia de Ponta Negra. Ela tem pouco mais de 100 metros de altura e antigamente era utilizada pelos moradores da cidade para praticar, por exemplo, esquibunda. Atualmente está proibido subir na duna.

Natal
Morro do Careca | Alexis Regis/MTur

Forte dos Reis Magos: O Forte dos Reis Magos é um dos símbolos mais conhecidos de Natal. Foi a primeira construção da cidade, iniciada em 1598, justamente no Dia de Reis — por isso o nome de Reis Magos.
Sua localização estratégica, às margens do Rio Potengi.

Natal
Forte dos Reis Magos | Vlademir Alexandre/MTur

Shopping do Artesanato Potiguar: Quem gosta de comprar lembranças ao viajar vai adorar os mercados de artesanato de Natal. Há diferentes mercados na Ponta Negra, mas um que se destaca entre os demais é o Shopping do Artesanato Potiguar.

No local você encontrará muitas lojinhas que vendem bebidas regionais, castanhas, rapadura, camisetas etc.;

Lagoa de Pitangui:  Localizada a cerca de 25 km de Natal, no litoral norte do Estado, fica a Lagoa de Pitangui, um lugar de águas doces, perfeito para passar um dia agradável e descansar. O Rio Grande do Norte tem diversas praias lindas, mas também tem lagoas muito bem estruturadas, as quais muitas famílias procuram para passar o dia.

Praia do Cotovelo: A Praia do Cotovelo é uma boa opção para quem quer ficar em uma praia com menos pessoas, fugindo da agitação de Ponta Negra. O visual é deslumbrante, com falésias e um mar clarinho. A praia é a primeira do litoral sul e seu acesso é fácil, mesmo de ônibus.

  • Aquário de Natal: Localizado a cerca de 18 km da Ponta Negra, em Extremoz, o Aquário Natal, fundado em 1999, é uma das opções de passeio na cidade bastante procuradas por turistas. O local pode ser conhecido através do passeio de buggy pelo litoral norte e abriga diversas espécies de animais.
  • Lagoa de Arituba: A Lagoa de Arituba, localizada a cerca de 25 km de Ponta Negra, onde fica boa parte dos hotéis em Natal, é um excelente passeio para quem conhecer um pouco das belezas do Rio Grande do Norte. A Lagoa tem areia clara, águas limpas e cristalinas e alguns restaurantes ao seu redor, oferecendo boa estrutura para quem quer aproveitar o dia por ali. Maior Cajueiro do Mundo: Conhecido como o Maior Cajueiro do Mundo, o cajueiro de Pirangi, segundo dizem, cresceu no terreno de um pescador que comprou um pedaço de terra na região. Por alguma anomalia da natureza, o cajueiro cresceu de forma inesperada e hoje é reconhecido como o maior cajueiro do mundo. Cada galho lançado ao solo gera novas raízes.

Parque das Dunas: Criado em 1977 como a primeira área de preservação do Rio Grande do Norte, o Parque das Dunas é um patrimônio dos potiguares e um lugar que faz parte do cenário de quem vive ou visita à cidade. Ele é considerado o maior parque urbano sobre dunas do Brasil e se estende por um longo trecho da cidade.

Ponta Negra: Ponta Negra é o bairro com melhor estrutura turística de Natal. A praia é também a mais frequentada da cidade, onde você encontra diversos vendedores ambulantes e barracas que oferecem sombreiros e cadeiras na beira do mar.

  • Praia da Areia Preta: A Areia Preta é uma praia onde estão edifícios da classe alta de Natal e esse nome foi dado ao local justamente pela coloração escura de sua areia. Não é uma praia muito turística, ela é mais frequentada pelos moradores da região.

Praia do Forte: Localizada na área central de Natal e próxima da Fortaleza dos Reis Magos, a Praia do Forte é uma praia de pouca infraestrutura, mas de beleza exuberante. O local fica vazio em dias de semana e é protegido por arrecifes de corais, o que faz com que na areia se formem piscinas naturais excelentes para quem quer aproveitar um mar calmo.

  • Praia do Meio: A Praia do Meio ganhou esse nome exatamente por ficar entre as praias dos Artistas e Areia Preta, na região central de Natal. A praia fazia bastante sucesso anos atrás, mas depois da construção da Via Costeira e da popularização de Ponta Negra, ela se tornou mais frequentada pelos moradores locais do que pelos turistas.
  • Praia dos Artistas: Localizada nas proximidades do centro da cidade, a Praia dos Artistas ocupava o lugar de sucesso que hoje ocupa a Ponta Negra — o point da cidade. A praia é bonita, tem várias piscinas naturais formadas por arrecifes de corais, mas hoje em dia está um pouco abandonada. Há barracas ao longo da extensão da praia para quem quiser comer ou só relaxar.
  • Dicas de Natal:
  • Natal é um lugar quente o ano inteiro. Faça suas malas incluindo roupas leves e confortáveis para aproveitar o dia. Protetor solar e chapéus também são itens essenciais para apreciar a cidade.
  • – Inaugurado em meados de 2015, Natal tem um novo aeroporto, o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. Ele está a pelo menos 31 km de Ponta Negra (ou mais, a depender do caminho selecionado para realizar o trajeto). O local é moderno, espaçoso e tem os serviços principais que um turista necessita durante uma passagem pelo local, embora não haja tantos estabelecimentos para fazer refeições. É importante notar que há dois trajetos principais para chegar/sair do aeroporto, um “por fora” da cidade e outro “por dentro” de Natal. Sugerimos consultar em aplicativos relacionados ao trânsito qual seria a melhor opção para o momento de seu deslocamento, já que o caminho por dentro da cidade pode ser mais demorado em momento de tráfego intenso.
  • – Quando estiver nas praias de Natal e utilizar cadeiras e sombreiros pergunte o valor cobrado por eles. Cada lugar funciona de uma maneira, mas normalmente exige-se consumação mínima pelo uso dos equipamentos ou um valor fixo pelo aluguel de guarda-sol e espreguiçadeira.
  • – Há muitas notícias a respeito da violência em Natal e esse é um assunto para se ter em mente ao visitar qualquer cidade brasileira. Em nossa viagem, não percebemos nada que fugisse da normalidade. Caminhamos pelas ruas sem qualquer problema, mas vale sempre a dica de tomar cuidado com os locais que você escolher para passear, principalmente ao andar a pé pelas ruas. Evite sair com pertences valiosos ou caminhar à noite em locais de pouco movimento.
  • – Os passeios feitos pelas redondezas de Natal são as principais atrações que a cidade oferece, por isso reforçamos a ideia de que você os realize com uma empresa que preste um bom serviço, para que você possa tirar o máximo de proveito da experiência e volte para casa com lembranças memoráveis. Busque informações sobre bugueiros credenciados e capacitados para prestar um bom serviço, sobretudo no que diz respeito à segurança durante os passeios. As atividades “com emoção” nas dunas, por exemplo, devem ser feitas por motoristas capacitados para isso, para que não incorra nenhum acidente aos passageiros. Vale sempre a dica de pegar uma recomendação de bugueiro e/ou empresa com um amigo que já tenha visitado a cidade.
  • – Não há necessidade de comprar os passeios em Natal antecipadamente, mas se você quiser realizar a atividade com um bugueiro específico, entre em contato com a pessoa algumas semanas antes da viagem, porque os profissionais mais “conhecidos” ou que prestam um serviço diferenciado costumam ter agenda mais concorrida.
  • Transporte e Aluguel de carro: Natal é uma cidade perfeitamente possível de ser conhecida sem um carro, mas o aluguel de um veículo pode lhe trazer mais conforto, especialmente se você estiver em família e quiser explorar outras praias do Rio Grande do Norte. Caso se hospede na Via Costeira, um carro pode ajudar bastante porque o local fica mais isolado. Já na Ponta Negra, se você estiver bem localizado, conseguirá fazer atividades a pé.
    Se não quiser alugar um veículo, não se preocupe; há uma grande frota de Uber e táxis na cidade e geralmente os trajetos não são tão longos ou caros. É possível também conhecer muitas atrações do litoral através das agências turísticas.
  • – Ponta Negra é o bairro com a melhor localização na cidade e o local onde grande parte dos turistas opta por se hospedar. Os hotéis em Natal têm preços razoáveis, mas em alta temporada os valores podem ficar mais salgados.
  • – A Praia da Pipa – localizada a cerca de 86 km de Natal, é um destino que pode ser conhecido em um passeio de buggy, partindo de Natal e indo em direção ao litoral sul. Entretanto, seja em carro ou em buggy, a visita ao local em apenas um dia acaba sendo muito rápida e superficial. Se quiser aproveitar melhor a Praia da Pipa, sugerimos que fique hospedado no lugar ao menos duas noites, assim você poderá curtir melhor as praias e belezas da região, que é maravilhosa e merece ser conhecida com mais calma.
  • – Se quiser esticar a viagem, lembre-se de que Natal é a capital mais próxima de Fernando de Noronha. Os voos para o arquipélago mais famoso do Brasil são ainda mais curtos do que os que saem de Recife e duram menos de uma hora. Quem sabe você não dá uma esticadinha e conhece algumas das praias mais bonitas do Brasil?
Natal
Ladeira do Sol | Alexis Regis /MTur

Espero que gostem e que aproveitem para conhecer o Brasil nessa temporada porque vale a pena!

Um abraço e até a próxima semana 😊

Selma Cabral

LEIA TAMBÉM
Selma Cabral
Últimos posts por Selma Cabral (exibir todos)
5 1 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x