fbpx

Vai se exercitar? Confira as dicas para evitar bolhas nos pés

Ivan Francisco Antonio

Por Ivan Francisco Antonio

bolhas

 


Hoje quero falar a respeito daquelas famosas lesões nos pés, mais conhecidas como bolhas, que são provocadas por atrito. Sim, ATRITO, pois muitas vezes nos falta bom senso (inclusive em mim) em relação ao calçado. 

A pele dos pés engrossa ou afina de acordo com o atrito, portanto, aquela pessoa que não pratica nenhuma atividade física e um dia decide começar a caminhar 8 km, por exemplo, fatalmente causará uma ou muitas lesões.

Isso acontece porque a pele não estava preparada para esse atrito e, com isso, a epiderme se descola da derme causando muita dor e muitas vezes até interrompendo a caminhada. 

Evidentemente, existem outros motivos para esse tipo de lesão, tais como costuras internas dos calçados. Ao comprá-los é necessário averiguar a parte interna (com as mãos) a fim de detectar qualquer parte saliente e de preferência NÃO COMPRAR esse modelo,  pois provavelmente causará problemas. 

 

O sobrepeso também é outro fator agravante, pelo simples fato de aumentar a carga sobre os pés. Então é muito mais importante ficar atento à qualidade das costuras internas dos calçados. 

Existem também os três tipos de PISADA: a pronada, a supinada e a neutra. Na pisada pronada, seus pés têm a tendência a se inclinar para o lado de dentro e, por esse motivo, deve-se ficar mais atento com a parte interna dos pés, pois é lá que as bolhas irão se formar.

PUBLICIDADE | ANUNCIE

PUBLICIDADE | ANUNCIE

Na pisada supinada já é o contrário: todo o lado externo dos pés é sobrecarregado, causando problemas nessa área, obviamente.

E na pisada neutra o nome já diz tudo: o centro dos pés é o mais sobrecarregado. 

Então, na minha opinião, se for escolher um calçado para o trabalho, fique atento à costura interna, bem como à costura das meias em cima dos dedos, pois isso causa muitas lesões em cima dos dedos.

Se for um tênis para caminhadas e exercícios, procure um ortopedista para detectar qual o seu tipo de pisada e, com isso, corrigir com o auxílio de palmilhas. Lembrando que essa correção acontece apenas no momento em que se está usando a palmilha – após o uso, a pisada volta ao seu estado original.

Começar com caminhadas curtas, para que sua pele se acostume com o atrito, e vá aumentando o trajeto gradativamente.

São pequenas dicas, mas importantes para que seu caminhar seja mais agradável! 

LEIA TAMBÉM
Fotos colunistas ivan frascisco
Últimos posts por Ivan Francisco Antônio (exibir todos)
0 0 vote
Classifique este artigo
Assine
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Scroll to top
0
Eu quero saber a sua opinião. Comenta aqui em baixo e vamos discutir esse assunto!!x
()
x